sexta-feira, 25 de julho de 2008


NÃO ME DEU A VIDA, A PRIMAZIA...




Nesse jardim encantador da vida,
na lida me enfeitaram tantas flores...
De cores fortes, tantas, coloridas...
Embutidas também algumas dores.



Dessas dores aquela que devassa,
amordaça o meu sonho mais bonito,
é saber que não beberei na taça
da graça de um grande amor bendito!



Não, não me deu a vida a primazia,
de entoar a melodia sonhada
nesse fado onde o sonho é utopia...



De tudo que vivi nesses meus dias,
a ambrosia do amor me foi negada
e revelada apenas na poesia...


_________________________


122 comentários:

Denis Barbosa Cacique disse...

Olá, Zélia. Como vai?

Sou novo aqui no Mundo Azul. Gostei muito desse poema. Embora eu não seja muito bom em interpretar poemas, este, em particular, talvez por causa das rimas, soa muito agradável. Dá vontade de ficar lendo e relendo e relendo.

Um abraço

Denis

Gata Verde disse...

Adorei o poema!

Um grande beijinho

fadazul disse...

Hummmmmmmmmmmmm!!!!!!!!
bom gosto para música! estou feliz hoje!
voltou a net, estava com saudades, só vim te olhar e falar que adoro suas poesias, bjks

Ailime disse...

Um desejo forte de amor, que a vida ainda vivida, acabará por trazer à tona do teu mar de poesia!
E que poesia…que inspiração!
E que música, perfeita conjugação.
Obrigada pela partilha!
Sonhos rosa e um beijo.

Coragem disse...

Vim até ao seu espaço retribuir a sua visita...
Que poesias lindas que aqui encontrei.
Vou calmamente ler um pouco mais e saborear as suas palavras.

Beijo

Mariz disse...

Zélia querida!
Que belo poema. Como o amor pode ser nagado, se ele se plasma na poesia?!
Tenha sempre encontro marcado com o seu coração e nunca chegue atrasada.

Beijinhos meus
Mariz

ESPAVO!

xistosa - (josé torres) disse...

A vida não só taças de mel.
tem algum, (por muito fel).
Mas teve a sorte de participar no manjar ou banquete dos deuses.
Já sabe que ficará imortal para viver a poesia do amor.

Um bom fim de semana de sonhos ... mas permita que sem utopia!

Mário Margaride disse...

Querida Zélia,

Depois de uns dias de "folga", aqui estou de novo para agradecer as palavras sempre carinhosas, com que me presenteias nas tuas visitas aos meus cantinhos.

Um belo e sensível poema...

Gostei muito!

Um excelente fim de semana, com tudo de bom.
Um grande beijinho, com muito carinho e amizade.

Mário

Luciana Clarissa disse...

tão gostoso, tão suave, tão lindo.
que delícia de se ler.

beijos! bom final de semana.

Fa menor disse...

Triste o seu poema... mas belo!
Belo como só o amor pode sentir.
E um sonho nem sempre é utopia nem muito tarde para o realizar!

beijo

Parapeito disse...

Linda... que o sonho nao seja utopia.

Retribuo o bom fim de semana..que seja azul e cheio de brisas frescas

Um abraço*

Flávio Monte disse...

Mais um belo poema, com a qualidade e intensidade emocional a que a minha amiga já me habituou.
Como diz z minha amiga Aninha, desejo que a sua vida interprete esse seu sonho lindo... e merecido.

Paradoxos disse...

consegui captar a beleza por detrás das tuas palavras entre um olhar denso e a realidade nua e tua!

beijo

sagitario disse...

mundo azul:

desde sempre o azul foi a minha cor favorita, pois combina com todas as outras cores e traz-me muita paz.

Os seus poemos são de uma grande beleza, fazem-nos bem à alma e fortalecem-nos o espírito, por isso fiquei desde o primeiro dia presa no seu blog, sempre me surpreende.

apesar de não ter o dom de ser poeta, gosto de ler e meditar em textos escritos por quem realmente sabe, como é o seu caso e felizmente de muitos, continue e faça favor de ser e nos fazer felizes

daniel disse...

Zélia

Ouvindo uma música explêndida fui lendo a tua poesia, que me pareceu me estruturada, mas emanando um pouco de desilusão, talvez.
Daniel

antonio disse...

Por vezes um suspiro é o melhor de todos os tragos, forma incontida de sugar a vida!

Alice disse...

menina... tu és boa mesmo na caneta !! adorei !!!

mil bjkas pra ti

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Que poesia linda!
Fiz novo post hj, a pedido de uma amiga do Blog. Vc já deve ter visto o filme, que é lindo.
Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Vieira Calado disse...

E todas as esbeltas palavras embrulhadas nas asas dum linda borboleta azul!...
Bjs

Santhiago Ramirez disse...

Desculpe-me dizer assim, mas não encontro outras palavras: toda vez que venho ao seu blog experimento um orgasmo emocional e intelectual. É tanta sensibilidade, expressa de forma tão linda, com tanta precisão e qualidade, que fico só parado, de boca aberta, e imaginando... imaginando... que alma há aí nessa sua mente, nesse seu coração.
Beijos carinhosos

Menina do Rio disse...

E quantas dores vêm embutidas nesse colorido! E se sonhar é utópico, resta-nos apenas a poesia...

Lindo!

Beijinhos querida

bekeflowerlee disse...

Como escreves maravilhosamente bem.

Beijos

Ana Diniz disse...

Querida Zélia,

dai-me a liberdade de chamá-la poeta-amante.
Porque seus versos são de uma mulher que ama.

Este sentimento não me soa estranho... a revelação do amor na poesia, em contradição com a própria vida... A posia é o sonho, o melhor de nós, enquanto a vida é um palco vazio à espera da encenação das nossas fantasias...

Grande tango. Versos perfeitos. Às vezes o amor se revela na dor, às vezes no ardor, às vezes nem se revela, fica calado. Como é bom saber amar, seja de versos, seja de fato e de ato - mas que seja de coração!

É sempre um prazer estar por aqui, neste mundo cada vez mais azul. Bjos... no coração.

heretico disse...

belíssimo poema.

beijo

Doncel disse...

Precioso, muy lindo este mundo azul, que hoy contemplo desde mi colina de sueños.
Encantado de conocerte desde España.

Antonio

Duarte disse...

Tango, quantos momentos vividos com estes sons!

Este soneto teu fez-me notar.
Ao comprovar que no amar.
Que um mundo pleno de ilusão,
nem sempre o é de paixão.

La música, extraordinária, mitiga a pena deixada...

Que tenhas um dia muito feliz.

Desde amigos de Portugal com carinho

Só Eu disse...

Poema fortissimo. Muito bonito pela sua intensidade.
Parabens Zélia.
Beijinhos

Agulheta disse...

Mundo Azul. É das cores que mais gosto,me relaxa e dá paz,o poema é maravilhoso,como se não,esta linda borboleta que adoro igualmente,com este tango de fundo! bem tudo em sintonia.
Beijinho Lisa

RESSACA disse...

Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.

eder ribeiro disse...

a vida te deu algo mais primaz, o dom de espalhar sentimentos por poesias, bravo amiga, dizer que amei este poema é pouco. bjos.

Rodolfo N disse...

Que hermosa poesía desde el azul de la poesía a la armonia de ese tango emblemático..
Beijos!

Olhos de Mel disse...

Oie linda! Belo soneto! Embora a tristeza permeie... Quem sabe ainda? A vida nos reserva muitas surpresas. Portanto acreditar é preciso.
Bom domingo! Beijos

Papoila disse...

Mundo Azul:
Um belo tango de fundo e um poema de amor/ dor de uma beleza sem par!
Belo momento de leitura.
Beijo

São disse...

Zélia, seu poema me tocou fundo...
Bem haja!

Beatriz disse...

Querida Zélia, desculpe por somente hoje ter vindo agradecer tua afetuosa visita ao meu espaço. Infelizmente só posso visitar os amigos nos finais de semana. Adorei o teu Mundo Azul! São sensíveis e belos os teus poemas! As imagens associadas complementam com delicadeza a ternura dos teus versos. Tudo muito lindo, muito doce, mostrando a poesia de tua alma sensível.

É um recanto muito agradável para se estar, e quero voltar outras vezes para encantar o olhar, enternecer o coração e perfumar a alma com versos e imagens tão lindos.

Deixo-te flores e estrelas tecendo sorrisos no teu caminhar, um beijo no coração, e o desejo de uma semana ensolarada de alegrias.

Beatriz disse...

Zélia, voltei apenas para dizer que tu és uma mulher muito bonita e que as fotos estão maravilhosas. Esta com o bichano está de uma ternura só! O sorriso e o olhar são de uma pessoa que muitas vezes olha a vida pelo prisma da criança que conseguiu ser resguardada no cantinho mais bonito da alma (rs), acertei?

Fica meu carinho!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Zélia, belíssimo poema...Adorei!
Bom Domingo... Beijinhos de cainho,
Fernandinha

Ana Maria disse...

Não deixe que seus sonhos sejam amordaçados.
Sonhar faz bem.
Tenha um domingo de paz e harmonia.
Muitos beijinhos.

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

Vim ter minha dose semanal de lindas poesias.
bjs

Ana Martins disse...

Belo soneto, fantástico mesmo.
Você escreve e encanta.
Um resto de Domingo com tudo de bom.
Beijinhos

pin gente disse...

verbo como eu te chamo, amar
como para mim te queria
a cada dia te esperaria
porque teimas não me dar


um beijo

Dauri Batisti disse...

Lindo lindo.Lindo. Como a borboleta azul. Triste como a música. Não sei se triste, tango.

Pena disse...

Linda Amiga:

Um belo e profundo momento de poesia fantástica.
"Primazia"? Você merece toda a primazia pela ternura e encanto que revela.
Excelente sentido de expressão doce poética.
É linda!!!!!!!!!!!!
Gostei muito.
Beijinhos amigos de muito respeito, estima e consideração.
Adorei!
Sempre a admirá-la

pena

Rafeiro Perfumado disse...

Mas lembra-te que há pessoas que ainda estão à procura de perceber onde é que a ambrósia se vai revelar... Beijo!

impulsos disse...

Soberbo!

Quem assim escreve poesia,
é decerto uma alma abençoada!

Beijo

Florescer disse...

Na vida há flores coloridas, apesar das dores, e na taça se brinda o bonito amor regada à poesia. É o sonho no seu lindo poema.
Obrigada pela visita no meu florescer.
Beijos
Jacinta

LOURO disse...

Olá Zélia, que belo Soneto... Que grande sensibilidade!
Um beijo,
Lourenço

Cila disse...

Lindissimo soneto, maravilhosamente escrito!

P.S: Tem um gatinho lindo nas fotos aqui do lado. Adoro felinos, também tenho uma gatinha maravilhosa!

O Profeta disse...

Poesia divina...onde a escreveste no Jardim das Hespérides...?


Doce beijo

"Sofi@" disse...

A senhora é tao forte, todas essas dores vao ser superadas, tem e k ter mt força...
Coragem
bj


"Sofi@"

Adriana disse...

Primoroso!Este demonstra sua habilidade em descrever sentimentos!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Que belo poema.A ambrosia do amor me foi negada... Que poema divino.
Postei sobre Napoleão, se quiseres aparecer no meu blog ,vou adorar.Um grande abraço Poeta.
marthacorreaonline.blogspot.com

Astrid Annabelle disse...

Zélia,
que imagem linda! Uma borboleta azul!!! Junto com seu poema ficou melhor ainda.
Saudades de você.
Bjkas.
Ma Jivan Prabhuta

Xinha disse...

Triste... dorido, mas belissimo e sentido !!
Um sonho nem sempre é utopia ....

Sonhe! Acrefite!


Xi-coração

Maria Clarinda disse...

Hoje tirei um pouquinho da minha tarde para te visitar...fiquei a tarde quase toda...lindos os teus poemas...obrigada pelos momentos lindos!!!Jhs mtos

Martinha disse...

Espero que esse dia tenha feito parte de um momento menos bom na tua vida.
Que melhores momentos para o amor cheguem!


Beijinho *

O Árabe disse...

Sabe, Zélia? A cada dia, dobramos novas esquinas na vida... e atrás de alguma, sempre pode estar o amor. :) Boa semana, amiga!

Zé Maria disse...

Belo Soneto, cara Zélia.
Às vezes a vida é também isso mesmo. E não é por isso que a amamos menos, não é?
Tudo de bom para quem é capaz de nos oferecer estas palavras.
Aquele abraço

Fernando Rozano disse...

poesia sensível e rica em forma de soneto. lindo, Zélia. meu abraço.

A.Tapadinhas disse...

O teu poema pela sua beleza e elegância é uma revelação dos teus sonhos, que soa como música nos meus ouvidos, ou como uma inspirada pintura para os meus olhos...
Beijo.
António

Santhiago Ramirez disse...

Zélia, sua visita me trouxe tanta alegria, que vim para agradecer e deixar mais alguns beijos, especialmente carinhosos, a uma pessoa especial.
Thiago

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Caríssima Zélia, vim ler os teus poemas, os sonetos, as tuas poesias, todas azuis e cheias de esperanças, harmoniosamente as músicas. "ne me quitte pas", versão inglesa, linda linda linda. Bela "Canção para o Amigo..."

obrigado da visita.

abraço, simao

. Rita disse...

Que bonito poema!

Quero só deixar um sorriso!

*

Rita

Anderson Meireles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson Meireles disse...

Que lindo poema!!!
É tão bom estar aqui.
Posso colocar um link do seu blog no meu?
Não sei pq não fiz isso antes?
Me responda por favor,
Um abraço!

beto melodia disse...

olá, zélia.

lindo soneto, lindas palavras.
parabéns, minha amiga.

beijos em seu coração.

Mário Margaride disse...

Querida Zélia,

Um lindo soneto! Onde toda a tua sensibilidade, ternura, e amor, se manifestam nestas belas palavras...

Um excelente semana!

Beijinhos doces...

Mário

Bella disse...

Lindo o poema!
Me soa um tanto triste, ñ sei...um sentimento de que algo lhe foi roubado, negado...mas sem deixar de encarar com sensibilidade e ternura os obstáculos... gostei :)
posso linkar vc no meu blog?

paula barros disse...

Mesmo triste, um tanto sofrido, ficou a bela poesia. E com ela expressando tão bem os sentimentos.
abraços

elisabete fialho disse...

OI Zélia,desta vez digo apenas que está bem escrito sim
No entanto a emoção que sinto...parece coisa de quem anda a remendar alguma coisa no peito.
Estou a interpretar bem????
Um beijo...sem matematica pelo meio...

Sol da meia noite disse...

Minha querida, bela é esta poesia.
Mas enquanto se acredita na vida, tudo está em aberto... também o caminho que leva ao Amor...

Muitos beijinhos * * * * * *
:-)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Zélia, desejo-te uma boa noite de sonhos cor do Arco-Íris!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Dois Rios disse...

A melodia do amor é sutil. Fique atenta que você a escutará.

Beijos grandes,

Angel of Light disse...

Olá querida!

Voltei se bem que por pouquinho tempo. Vou de férias.

Mas antes não quis deixar de passar aqui para te agradecer as tuas passagens carinhosas no meu cantinho.

Deixo-te luzinhas coloridas cheias de alegria.

Fica bem.

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Alexandre disse...

Ó amor é sempre possível, algum dia poderemos entoar a tal melodia... sonhada!!!

Muitos beijinhos!!!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oss eus poemas são sempre lindos, como vc. Estava triste, então fiz novo post, porque não consigo ficar parada. Talvez vc não tenha visto o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Ana Diniz disse...

Querida Zélia.

Passei para deixar um abraço. Desde já te convoco para ler meu novo poema.

BEIJOS...

Mario Rodrigues disse...

Neste Jardim da vida,
eu cresci, e me encontrei,
de dores e penares, entretecida
finalmente eu amei...

Lindo amiguinha.
Talvez ainda se encontrem, ao virar de uma esquina. Tu e o Amor.
Eu tive sorte, encontrei-o na minha poesia, na poesia Dela. Entre as palavras...

“Quem tem um amigo,
tem um tesouro"

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Vanda C. disse...

Querida Zélia
Este teu Mundo Azul é absolutamente magnifico. Para ti em teu lindo mund, deixo estas minhas palavras de dentro do que sou:

Para lá do azul repousei os meus olhos
Deitei os cabelos em novelos de nuvem
Abri o meu corpo em searas de filhos
Adormeci na sombra de amplas copas
Não acordei sacudida de chuva
Não ardi na fornalha de oblíquos raios
Molhei apenas a minha alma nos orvalhos
Gotículas de papoilas e outras pétalas
Recolhi-me em ninhos de cegonhas
Cantei nas asas melódicas dos gaios
A minha flor de Maio ficou púrpura
Ao olhar o mundo revi-me vezes sem conta
E a usura da vida remoeu-me o peito
Quantas vezes quis eu dormir ao relento
Em planícies em estrelas abertas de noites frias
Para aquecer o nascer do sol num grito
Arqueando as costas num gesto aflito
De quem não sabe ter prazer senão todos os dias
Numa exigência inegociável de sorrisos
De abraços e desejos lidos no vento
Assobiados nas cantigas de amor e tédio
Searas inteiras de Alentejos perdidos
E eu a ler as linhas do meu corpo como um mapa
Para chegar a mim como botão de campainha
E responder-me : quem és?

Maria Dias disse...

Oi querida...

Tocante e profundo teu poema.Nossa!Difícil falar deste amor profundo não vivido intensamente neste mundo(mesmo q todo azul).Mas pessoas com tu tens a sorte de amar as palavras e liberta-la com os sonhos...

Triste e belo poema!Imagem linda e música divina!

Maria Dias

Juliana Caribé disse...

Poema tão lindo quanto a foto...

Beijos.

Gui disse...

Um belo soneto. Devo dizer-lhe que considero o sooneto como uma das mais belas expressões poéticas. Um beijo.

Germano Xavier disse...

Mundo Azul,

quero agradecer primeiro por tua presença boa lá no Clube. E dizer que teu soneto está belíssimo. Desculpe o clichê, mas é a mais pura verdade.

Abraços de estima te dou e o desejo por retorno. O tapete vermelho sempre estará esticado para você.

Sempre.
Germano

Maria Anjos Varanda disse...

Que bonito este poema.....
Adorei....e a imagem não podia estar mais adequada.

Beijos

edson marques disse...

Zélia,

que belo soneto!


Gostei muito do teu blog!

Abraços, flores, estrelas..

☆Fanny☆ disse...

Li, senti o teu poema...e compreendi como os poetas têm almas em sintonia.

Este poema retrata exatamente o o meu sentir...

Abraço-te emocionada de encantamento nostálgico*

Fanny

Nilson Barcelli disse...

"Dessas dores aquela que devassa,
amordaça o meu sonho mais bonito,
é saber que não beberei na taça
da graça de um grande amor bendito"

Lindo cara amiga, o seu soneto é magnífico.

Beijinhos.

Ana disse...

Um soneto, um sonho, uma tristeza...

O amor sempre é bendito e, mesmo quando é apenas sonhado, enfeita a poesia...

Osvaldo disse...

Oi Zélia;
Poeta é sempre poeta, na Terra ou na Lua, Marte ou Vénus, e os poemas com que a Zélia nos encanta, fazem com que o Mundo seja Azul (embora eu prefira o Berde).
"Não, nâo me deu a vida a primazia, de entoar a melodia sonhada nesse fado ondeo sonho é utopia"...
Que texto lindíssimo !.
bjs.

Apenas Claudia disse...

Cada dia que passa fico mais encantada por sua escrita...
Poesia linda!

"Temos de ir à procura das pessoas,
porque podem ter fome de pão ou de amizade. "

( Madre Teresa de Calcutá )

Bjs
Fique com Deus

vero disse...

Porque na poesia podemos sempre chorar a dor ou sorrir a alegria... :)

Beijinhos luminosos minha amiga***

Espaço do João disse...

Querida amiga.
Belo poema. Ser poeta é ser sonhador. Da poesia à realidade, é como viver na cidade e passar para a província. Eu adoro esta terra, pese embora não seja a terra onde nasci. Aqui realizei o maior sonho da minha vida. Construí o meu castelo e, daqui só saio para o crematório. Isto para mim é um paraíso, longe do bulício das cidades metropolitanas, onde todos dão as mãos e se conhecem. Eu renasci nesta terra e como pequena cidade do litoral, quando aqui cheguei não existia praticamente nada. Sou um dos pioneiros e, orgulho-me de cá estar.O silêncio e a segurança das noites, dão-nos o prazer de viver. Temos das melhores prais virgens, temos pulmão verde,que mais podemos pedir? Apareça amanhã que tenho mais umas belas fotos para vos mostrar e, depois diga-me se não é belo viver neste paraíso. Um abraço João

O Sibarita disse...

Sua menina! O amor é assim nas suas nuanças, mas, por outro lado o coração pulsa absolutamente no tic tac da paixão, aí já viu, né? kkk

bjs
O Sibarita

xistosa - (josé torres) disse...

Vou de férias.
Só devo regressar a 22.

Desejos de boa poesia.

Um até já!!!

SAM disse...

Belíssimo e muito real amiga. Mas bebes da taça do amor que escorre dos seus dedos para compor belas e magnifícas poesias. Coração que ama e sente, revelada em poesias.Amor bendito.As dores que te devassam, transformam-se em belos sonhos.

Grande beijo

elvira carvalho disse...

Regresso aos poucos. Ainda não para ler os vossos postos, apenas para deixar um abraço e um obrigada
pelo vosso carinho

Mónica disse...

Porque nos sonhos buscamos amor, encontramos amor em tudo o que sonhamos...

Bandys disse...

Vim até ao seu espaço retribuir a sua visita...
Que poesias lindas! Belíssima.
Beijo

Monique Lôbo disse...

Muito bonito o seu poema,não sou muito entendida do assunto,mas sinto,e gostei do que sentir ao ler seu poema.
Parabéns pelo talento, e pelo blog!!!
Ah, e pelo gato,que é muito fofo!!!

Deusa Odoyá disse...

Ol� minha amiga.
estou de f�rias em Salvador.
Mas ao abrir, dei de cara com esse lindo soneto, de muita pureza.
Boa semana com muita paz, amor e estrelinhas em seu caminho.

fique na doce paz.

Regina coeli.

Alma Nova ® disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RESSACA disse...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Jana disse...

achei bem bonito, apesar de me confessar não ser muito fã de poesias...


beijos

Marta Vasil disse...

Há dores que amordaçam os sonhos e há sonhos que amordaçam a vida. Mas também há os outros... os sonhos de esperança para tudo o que queremos.
Maravilhoso poema.
Obrigada por ter visitado o meu canto de desabafos.

MV

Corações & Segredos disse...

OLÁ AMIGA!
Retribuindo a visita e seu carinho!
Amei seu blog,
Voltarei mais vezes.
Carinho de RO!

Corações & Segredos disse...

Voltando,,rsss
Tenho uma gatinha igual a sua que acabou de me trazer 4 filhotinhos.
Amo os animais e a natureza que Deus nos deu!

poetaeusou . . . disse...

*
no minimo
tens a primazia,
de nos dares
belas poesias,
,
conchinhas de luz, deixo,
,
*

Jacinta Correia disse...

"Revelada na poesia" sem dúvida. Está lindo o texto. Um bj.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Zelia. Se o amor está na poesia, também está no coração.

"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."
Mário Quintana

Beijos mil! :-)

O Profeta disse...

Majestosa e altivamente submissa
Uma árvore curva-se à lagoa
Encontrei um arco-íris perdido na terra
Este canto não pára até que a alma doa


Convido-te a olhar os sentires que emanam do altar do Sol


Bom fim de semana


Mágico beijo

Não tente me entender... disse...

Música e texto
Perfeita combinação!


Este mundo é simultaneamente pequeno e imenso
pequeno se, na mediocridade dele te confinares
imenso se, pela arte dele te evadires...



Neste sábado estarei na gravação do programa "Criança Esperança"
Bjs

Xinha disse...

Zélia,
Estou indo de férias, mas antes de ir, vim cá deixar um beijinho !!

Quando regressar virei ler os seus belos poemas!!

Xi-coração

Haere Mai disse...

Conheço divas em todas as artes...e a Zélia na poesia. Este poema é simplesmente maravilhoso. Parabéns pela música fabulosa.
Beijo azul...Sempre!

*izil* disse...

O bom de tudo e existir a poesia, pois nela podemos expressar e sentir sentimentos que na vida real é mais dificil.
izil

helen ps disse...

Belo soneto. Melancolia na medida certa.
E aquele gato da foto é muito fofo.
Um abraço.


PAZ e LUZ

G u V i D u disse...

e a poesia dá-te as cores q fazem de ti uma grande poetisa,sabes bem q te adoro!!!bjs e obrig pela tua presença.luz e paz

ANTONIO CAMBETA disse...

QUERIDA POETISA AMIGA, ESTE SEU BELO POEMA É MARAVILHOSO, AFINAL A VIDA POR VEZES NÃO NOS CONCEDE O AMOR PERFEITO QUE TODOS NÓS DESEJAMOS.

VOTOS FAÇO PARA QUE DE NOVO O ENCONTRE EM SEU TERNO CORAÇÃO POIS QUE EM POESIA ELE HABITA DE FORMA LINDA MAGICA E BELA.

UM ABRAÇO AMIGO

Ellen Veloso Soares disse...

Lindo e triste! O eu-lírico chora um amor não vivido em realidade, mas pleno na poesia. E o que é o amor em sua plenitude? Será que realmente existe como o imaginamos? É tênue a linha amor-dor. Num mesmo dia sou plenamente feliz e absurdamente triste em relação ao meu amado! Coisa louca de se viver, né?

neo-orkuteiro disse...

Mundo azul foi a grande descoberta deste meu sábado. Valeu, Zélia! Estou tomando um porre de poesia. É que seus versos têm, entre tantas outras, igualmente a capacidade de embriagar. Comecei a sorvê-los em pequenos goles só peklo prazer. Mas fui gostando, e tanto que já estou meio com medo. Tudo bem, é só poesia. Da boa, diga-se. Encantei-me.

ángel disse...

Muy bello. Ha sido un gusto arribar a tu espacio, y leer tu poesía.


Saludos...

João da Silva disse...

Zélia, linda, em primeiro lugar o meu agradecimento por sua visita (ainda que com atraso eu agradeço, pois os últimos 3 dias foram terríveis). Cada vez que você vai ao meu blog sinto-me lisonjeado.
Finalmente, toda vez que venho aqui fico deslumbrado com a beleza da sua poesia. Poetizar não é só lançar uns versos ao mundo, como quem ponha um filho na Terra e não lhe dê cuidados. Seus versos são filhos criados com amor: vêm do ventre, são amamentados no peito, levam um pouco da sua alma e trazem muita alma para todos nós. Indescritível a minha sensação de euforia e prazer, neste espaço lindo, que é o seu.
Beijos carinhosos, querida, do João

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...
Ganhei do Daniel Milagres e da Ana (Vento sem asas) OBRIGADA, meus queridos amigos!!!

Ganhei do Alvaro...OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

GANHEI DA MINHA AMIGA ISA!!! OBRIGADA, QUERIDA AMIGA...

Ganhei da minha amiga JUANI!!! Obrigada, de coração...

Ganhei da Minha amiga Marta Vasil, do "Lua com Dona"!!!Obrigada!

Recebi esse premio da minha amiga, MARIZ...............do meu amigo, EDUARDO ALEIXO..................e da minha amiga HELEN os........................OBRIGADA, queridos amigos!!!.......................................Recebi também da minha amiga FANNYe da amiga Marta Vasil, do Lua com Dona! Obrigada!!!!

Ganhei do blog PELOS CAMINHOAS DA VIDA! OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Izinha do "Magico Olhar"!!!


Ganhei da sam! Comemoração do aniversário do seu blog...OBRIGADA, amiga!

Ganhei do meu amigo, Bill Stein Husenbar OBRIGADA!!!

Ganhei da Ana, do blog SAGITÁRIO!!! Obrigada!!!

OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Ganhei do blog, PELOS CAMINHOS DA VIDA...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da ANA DINIZ... Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei do Martim, do blog"onde me esperas?" Obrigada meu amigo!

OBRIGADA, Serena Flor!!!

Ganhei da Mariz do blog "sou pó e luz" OBRIGADA, amiga!!!

Ganhei da Serena Flor! Obrigada, minha amiga...

Ganhei do meu amigo Tossan, do blog Klic Tossan! Obrigada!!!

Ganhei da Maria, do blog "PAPOILA". Obrigada, amiga!

Ganhei da minha amiga MARIZ! Obrigada...

Ganhei do blog SORRISO! Muito obrigada, amiga!!!

Ganhei da Neide! OBRIGADA, amiga!!!

OBRIGADA, meus amigos!!!

Ganhei da REBECA e JOTA CÊ! E também me foi ofertado pela MARTA VASIL...Obrigada, queridos amigos!!!

Esses selos ganhei da minha amiga, Anita Fonseca...OBRIGADA!!!

Esse selo ganhe da minha amiga Mariazita e i do meu amigo Alvaro! Obrigada!

GANHEI DA ISA, do blog MOMENTOS MEUS...Obrigada, é lindo!

GANHEI DO MEU AMIGO ALVARO! Obrigada!!!

Recebi da minha amiga Margarida do blog FRAGMENTUS e do meu amigo DANIEL SAVIO! Obrigada!!!

Ganhei do blog SONH@DOR@.50...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da Isa...Obrigada, querida amiga!!!

Ganhei da Isabel, do blog BC e da Mariz do SOU PÓ E LUZ!! Obrigada minha querida amiga!

Ganhei da Isa, do blog MOMENTOS MEUS...OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Mariz! Obrigada, amiga!!!

Ganhei da CLEO! Obrigada, minha amiga!!!

GANHEI DA FANNY e da Margarida do blog Fragmentus...OBRIGADA, amigas!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Recebi da minha querida amiga, ISA! Esse é o Troféu do Amigo! Esses blogs são extremamente charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu. Passo a: SAM, SERENA FLOR, TOSSAN, PAPOILA, CLEO, FRAGMENTUS, MARTA VASIL, MARIZ. Estou passando às primeiras pessoas que me ofereceram um selo...