sexta-feira, 19 de setembro de 2008

DANÇA QUE VAI E QUE VOLTA...






Muito longa esta noite

sem sonhos e sem dormir...

Nas lembranças, um pernoite.

Em cada esquina, um seguir...


Recordações de uma vida

que ainda não sei viver,

embora, lições seguidas

recebi em mãos pra ler...


Que culpa tenho, pois eu

nasci para ser poeta

e um anjo torto me deu

esta solidão completa?


Já tomei gosto em ser só

porque aprendi muito cedo.


Sou triste, mas vou sem dó

e tudo à volta percebo...


Na dança doida da vida

sinto meu mundo girar...


Dança que vai e que volta,

Tornando pro mesmo lugar!



¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

::::::::::::::::::::::::::::::::::

135 comentários:

Dauri Batisti disse...

Um anjo torto te deu muitas palavras lindas e sentimentos ainda mais.

f@ disse...

A dança e o som... do sonho de vir aqui ouvir e ler... beijinhos das nuvens

Eärwen Tulcakelumë disse...

Executa simplesmente a dança
Deixa a poesia falar
A solidão é dos poetas que sabem com ela brincar.
Falam do amor e da dor
Sempre com um belo versejar.

Lindo Zélia!

Pérolas incandescentes de inspiração e luz entrego em tuas mãos.

Eärwen

antonio - o implume disse...

Uma noite sem sonhos, será sempre uma noite sem dormir e interminável.

Espaço do João disse...

Será que haverá noites sem sonhos? Todos sonhamos quer seja noite quer seja dia. Somente não os recordamos, o que muitas das vezes até é bom. Sempre ouvi dizer que um poeta é um sonhador. Então esta poesia não é um sonho?

amor es libertad disse...

y la danza viene y va enamorándonos...

Sol da meia noite disse...

Em noites de solidão...
Recordações são poesia
escrita em páginas de vida
que só se descobre
vivendo...

Querida, beijinho te deixo *
Muita Luz!!!

elisabete fialho disse...

Não gosto quando lhe sinto esta desilusão cansada no seu ESCREVER.
Minha amiga azul um beijo amigo

Agulheta disse...

Mundo Azul.Neste poema de dança,que bem se escuta o coração de poesia,ao som desta maravilhosa valsa de Rieu! Lindo.
Beijinho bfs

Dois Rios disse...

Lindos versos, Zélia!

A dança da tristeza e solidão nos grandes bailes da vida.

Beijos,
Inês

Chama Violeta disse...

A vida é sempre um bailar!!

Beijos violeta e ótimo final de semana!

Fernando Pinto disse...

Na dança doida da vida

sinto meu mundo girar...


Eu também sinto o mundo girar, o meu e o dos outros!
Beijinhos

Fernando Rozano disse...

as palavras dançam em verdadeiro compasso harmônico em seus versos, e depois, como em cada esquina, seguem seu destino na leitura de quem aqui chega. meu abraço carinhoso.

anderson eduardo disse...

É nessa dança doida que vou levando minha vida, tentando viver... abração e tudo de bom... lindo final de semana

sagitario disse...

a dança da vida por vezes é um labirinto e precisamos de parar para não entontecer e cair
um abraço e
um bom fim de semana para todo o mundo

Lyra disse...

Lamentavelmente não me tem sido possível visitar este blog com tanta assiduidade quanta ele merece e que eu gostaria.
Fica, no entanto, a promessa de um regresso em breve para uma leitura pormenorizada.

Até lá ficam os desejos de tudo de bom e um excelente fim de semana.
Beijinhos e até breve.

;O)

Bandys disse...

Gostei muito...
bjs

No Limite do Oceano disse...

Antes de mais muito obrigado pelas palavras no meu espaço.

Todos nós somos triste quando maus momentos nos assolam...é como a dança de que falas, ela vai e volta e o mau tem o seu reverso: o bom!

Ser poeta é um estímulo para a alma, as palavras têm muito para nos contar, elas conseguem ser as nossas melhores amigas acredita!!!

*Hugs n' smiles*
Carlos

Carla Sofia disse...

Que lindo e que música maravilhosa...
É sempre tão agradável visitar este seu espaço.
Obrigada :)
Felicidades e muitos beijinhos

mfc disse...

Entender a vida faz de nós pessoas felizes, e tu descreveste-a bem.

"Sofi@" disse...

Aposto que a dança é linda.
Mas o texto também está lindo.
E a senhora não está sozinha.
Aposto que tem muita gente que gosta de si.
bj docinho


"Sofi@"

Marta Vasil disse...

A melhor maneira de viver a vida é VIVER, mesmo que seja a dançar, mesmo que seja a sonhar, mesmo que seja na solidão... O resto da dança acontecerá depois.

Beijinho

MV

Conde Vlad Drakuléa disse...

Bravo, gostei muito!

Gata Verde disse...

Recordar é viver...sê feliz!

Beijinhos e bom fds

nas asas de um anjo disse...

um anjo torto?!...nada disso! a pureza dos teus versos e o teu caino, de bem, só te pode fazer ver q os anjos qte acompanham são bons...como eu!rsrs bjs, kida poetisa

nas asas de um anjo disse...

teu caminho

beto melodia disse...

olá, zélia...

irmãos de dança, irmãos de solidão, irmãos ma tristeza...

beijos em seu azul coração e um ótimo fim de semana.

Ailime disse...

Lindo, teu poema, mas meus olhos ficaram mergulhados também num mundo de solidão.
Que a tua dança te ajude, amiga, a dar a volta às reviravoltas da vida.
Beijinhos em tons de azul.
Um grande Domingo.

mdsol disse...

Dança que vai e que volta... Gostei de ler e de as reler ao som da música! Bailam palavras e baila o meu espírito!
:)

Multiolhares disse...

por vezes quando não sonhamos, entramos no caminho da savedoria da mente tranquila, onde e só aí encontramos as verdades, que não são feitas de meis verdades

beijinhos

Rodolfo N disse...

Hermosa danza, para llevar adelante la vida con amor...
Beijos!

mariam disse...

dizia Miguel Torga "Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.
Miguel Torga"

vá dançando uma valsa lenta, mas sem medo de por vezes, fazer uma pirueta!

bom fim-de-semana
um sorriso :)

mariam

(tenho sido pouco assídua... mas a falta de tempo, não me tem permitido!sorry.)

Gasolina disse...

A dança nunca nos leva ao ponto inicial, vai sempre mais além, mais de nós.

Como tu pelos volteios das tuas palavras.

beijo

Mr. Lynch disse...

Mundo Azul;
Gostei muito do seu blog.
Adorei este poema. Vejo muito de mim nestas suas palavras...
Muitas felicidades.
Beijos de luz

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

Que vc é uma poetiza sem par, de
acordo, mas daí a está só...
Não é preciso, deve-se buscar até
o último alento da vida...
Vc deve está brincando, assim como
faz com as letras...
Adivihei, não é isto???
bjs

Ana Martins disse...

Encantada, você sempre nos delicia, e nasceu realmente para ser Poetisa.

Beijinhos

Mello disse...

"Que culpa tenho, pois eu

nasci para ser poeta

e um anjo torto me deu

esta solidão completa?"

Lindo Poema!

Beij.

Doncel disse...

Con esta bella melodía,
tus versos danzando,
han llegado a la colina.
Y mi corazón lleno de calina,
ahora de alegría,
está llorando.

A.M.D.-M.
BESOS

Zé Maria disse...

Gostei, Zélia. Tão simplesmente como isto.
E, as danças da vida, às vezes [quase sempre] são isso mesmo: "Dança que vai e que volta,/Tornando pro mesmo lugar!"
Abraço

jasmimdomeuquintal disse...

Vim apenas dizer olá e desejar um feliz domingo.

obrigada pelas visita neste meu período de reclusão.
Até breve!

Sei que existes disse...

Profundo e belo poema!
Beijo grande

Justine disse...

Gostei muito do poema, gostei das fotos do gato (ou da gata...)do lado direito, pratico yoga e o "Principezinho" é um dos meus livros de cabeceira. Nada mau, paa primeiro encontro!
Voltarei

Kleine Hexe disse...

Dança! Linda...Dança até mais não! Até te deixares de sentir, levitares do chão!!! Se te encontrar por lá, prometo dar-te a minha mão!

Beijinhos muito azuis =)

Obrigada, sei que me tens acompanhado.

Peter Pan disse...

Lindíssima Amiga:
Que ternura e carinho comporta o seu existir.
Simplesmente lindo o que escreveu.
Não esqueça que a vida é preciosa e magnífica. Expressa-se com tanta delícia e brilhantismo.
A beleza jorra dos seus lindos poemas de sonho.
"...Na dança doida da vida
sinto meu mundo girar...
Dança que vai e que volta,
Tornando pro mesmo lugar!.."

Que doçura que cativa e prende.
Adorei com sinceridade. É um Ser Humano extraordinário.
Sempre a lê-la com atenção, emoção e dedicação pela pureza do seu sentir profundo e muito significativo.


p.pan

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amiga:
Venha logo apreciar meu novo post, pois é fruto de muito sofrimento, porque o meu irmão está praticamente desenganado pelos médicos.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Desculpe não ler com a devida atenção o seu poema, mas estou chorando

A.Tapadinhas disse...

Poema com uma beleza delicada, que cativa o mais distraido.
Beijo.
António

Tatah Marley's Confissões disse...

'Dança que vai e que volta,
Tornando pro mesmo lugar!'

TRecho perfeeeeeito!
seu blog é maravilhoso, cheio de vida e ao mesmo tempo tão singelo e delicado..
amei!
beijinhos!

Maripa disse...

A vida é mesmo uma valsa onde vamos rodopiando ao sabor da música...por vezes é melancólica, mas como num passe de mágica pode tornar-se alegre,querida Zélia.

Beijo carinhoso.

Mariazita disse...

Zélia...será que sinto uma pontinha de tristeza neste poema?
Não gosto de tristeza, mas GOSTEI muito de seu poema.
A vida dança, e muda todos os dias.
"Nem sempre o sol brilha, também há dias em que a chuva cai", lembra?
Beijinho carinhoso
Mariazita

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Zélia, mágnifico poema,
simplesmente adorei!
Beijinhos de ternura,
Fernandinha

Colibri disse...

Cara amiga,

Adorei o lindo poema...

Mesmo os passos de dança, quando repetidos, na verdade são diferentes e nunca sabemos em que tábua iremos colocar os pés um dia...

Beijinhos grandes
Com carinho

Colibri

Daniel Aladiah disse...

Vivemos numa espiral sem fim...
Um beijo
Daniel

Gilbamar de Oliveira disse...

Amiga Zélia, um banho de talento e criatividade com o belo toque poético. Aplausos. Estou colocando seu blog entre os meus favoritos.

Abraços fraternos de Gilbamar de Oliveira

Humana disse...

E que poeta maravilhosa que és querida amiga!
Mais um poema lindo.Beijihos com imenso carinho.

João da Silva disse...

Lindo, Zélia, como de costume. Você manipula as palavras como os malabaristas, os malabares. Amo isto tudo. Voltamos ao mesmo lugar, mas voltamos enriquecidos. Como eu, toda vez que volto a este espacinho.
Beijos, linda!

xistosa - (josé torres) disse...

Simples, profundo e belo.
Uma coisa que reparei.
Gosta da noite, da escuridão ... estão sempre presentes, (ou quase), nos seu poemas.
Será influência da mítica Lua.
"Muito longa esta noite
sem sonhos e sem dormir ..."
É a hora do anjo chegar com a inspiração?

ANTONIO CAMBETA disse...

ESTIMADA AMIGA POETISA, DE NOVO PASSANDO PELO SEU MARAVILHOSO BLOG E PODENDO LER E ADMIRAR SUAS BELAS LETRAS.

AS MAIORES FELICIDADES DO AMIGO CAMBETA, QUE EM TERRAS DO SIAO FICA.

The Hazy Looker disse...

A tua triste dança pode ser tão bela, pintalgada de palavras doces e melódicas.
Parabéns pelo blog.

Um beijo grande.

Xinha disse...

Querida Zélia,
Tão bem que você descreve a vida...ela é mesmo um bailado, nós só temos de saber como dançar!!

Xi-coração

O Árabe disse...

... e se assim é a vida, a cada giro da dança mais sobre ela aprendemos! :) Boa semana.

Parapeito disse...

...E enquanto correr poesia nas veias...dançar dançar dançar.

Chegou o Outono...Que seja manso...cheio de cores quentes...e cheiros ´de terra renovada****

Vivian disse...

...olá linda poetisa! neste mundo de muitos giros e poucos suspiros, encontro nas esquinas da poesia, a rainha a nos guiar...VOCÊ! tenha uma linda semana de paz e muitas, mas muitas e muitas inspirações...muahhhhhhhh

Alone disse...

Sonho é ler algo tão maravilhoso como seu post! Parabéns ♥

daniel disse...

Zélia

Muito fracamente e sem reservas, aplaudo a poesia a espantosa música sinfónica.
Parabéns Zélia Nicodi!...
Beijos,
Daniel

Tentativas Poemáticas disse...

Amiguinha
O poema, a música, as lágrimas que não brotavam desde o mês passado quando me despedi da minha querida e saudosa mãe. Sou espiritualista e despedi-me com um: "-Até amanhã, mãe!"
Soube do sofrimento da Renata. Estou triste mas com FÉ.
Beijinho com muita ternura.
António

Verónica disse...

Belo poema dançante num vai e vem de lembranças,de esquinas,sem culpas.No carrocel da vida que parte sem destino sem nunca sair da mesma roda.
Beijos e bonita foto!

Nilson Barcelli disse...

"Dança que vai e que volta,
Tornando pro mesmo lugar!"
Sinto o fatalismo nas palavras deste seu belo poema.
É necessário que, quem se sentir como o poeta, saiba quebrar as amarras desse círculo vicioso.
Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
dança que vai
e que volta,
imitando as marés . . .
,
azuladas conchinhas, deixo,
,
*

Ana Diniz disse...

Querida Zélia.

Pode parecer estranho, mas o poeta nunca é só. Ele pode estar só com o próprio sentimento, naquele momento tão lindo que desabrocha em criação. Entretanto, depois q ele põe a poesia no mundo, o poeta encontra corações que se fazem rimar com os seus versos...

Assim, sinto o meu Eu a rimar com a sua arte.


Bjos, amiga!
Uma ótima semana!

Ana.

o que me vier à real gana disse...

Um poeta é, tenho para mim, um filósofo esteta!
Aqui prova-se isso!

com senso disse...

A vida é uma dança doida, num navio balançando ao sabor das marés...
Gostei desse poema, a tristeza e a solidão de que ele fala, são coisas da vida!
Só se aprecia a beleza da alegria, se se conhecer o seu reverso!

Robson disse...

Sou triste mas vou sem dó! isso saltou do poema! as palavras quando querem nos falar, fazem de tudo...As vezes temo sopa de letrinhas tambem.
um grande beijo e adoro essa sua foto do perfil, é meio galadriel!

Olhos de mel disse...

Doce amiga! Lindas e ternas palavras, compõem seu belo poema! A vida é assim, temos que aprender a viver nesse vai e volta... Poetas vivem a emoção até o fundo da alma.
Boa semana! Beijos

Carla disse...

quantas vezes andam a poesia e a solidão de mãos dadas
beijos

Beatriz disse...

A dança da vida... existe para cada pessoa um ritmo? A música já se nos apresenta por inteiro ou a compomos nós?

"Já tomei gosto em ser só
porque aprendi muito cedo."

Sentidos versos, um poema de primeira!

Nasceste sim, amiga, para ser poeta!

Um ramo de violetas ficam a enfeitar o teu dia, e um beijo no coração.

Perla disse...

"Muito longa esta noite

sem sonhos e sem dormir..."


Mas se dela desprenderes o olhar
E granjeares uma réstia de luar
Nem tudo está perdido, podes crer
Segura firme a chama que alumia
Pois dentro de ti tens o poder
De transformar a noite em pleno dia


Beijinhos

neo-orkuteiro disse...

O que "uma vida/que ainda não sei viver" aqui comunica, para mim, é impressionante. Sinto-me em perfeita sintonia, vejo-me nestas palavras tão bem descrito como nem sei se saberia eu mesmo descrever-me.

Alda. disse...

Olá Zélia,
Ler as suas poesias é sempre um prazer...
Um beijo
Alda

Dois Rios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dois Rios disse...

Sonhos, lembranças, culpas, aprendizados, tristezas, idas/voltas...
A dança da vida

Beijo,
Inês

São disse...

Nós acabamos por tomar gosto atá ao que nos magoa, não é?
Muita paz para si, zogia.

Luiz Caio disse...

Oi Zélia! Como vai?
Todo poeta é um ser triste! Não fosse, não seríria poeta... Um poeta carrega a tristeza aonde quer que vá... Ainda que não a sinta!... Gostei muito da poesia!

TENHA UM LINDO DIA!
BEIJOSSS.

*Nati* disse...

Boa tarde ! Que lindo mundo azul.E a poesia com recordações que tem um significado muito belo da vida.

Linda poesia.
Ah eu te encontrei no blog do meu amigo Edu(Melhor angulo)

Abraços.

blog do dudu santos disse...

A solidão é nossa dança, os artistas e poetisas sensiveis como você, batem asas no silêncio....somos o som de dentro..
bjo do artista

Shakti disse...

É assim a vida ...altos e baixos...

bjs

R.G. disse...

Bonita esta dança

Beijo perdido

Paula Martins disse...

Lindo minha querida, li, reli e acabei por entrar na tua dança de palvras ternas e tão cheias de solidão.

Beijos

literatura disse...

Poema lindo! Merece ser aplaudido, porque nele há verdade no sentir.
As expressões descritas nos versos provocam muita emoção a quem os lê.
Envio-te um desejo de Felicidades e um beijinho.
noribal.

Só Eu disse...

Mundo Azul.
Consigo ouvir a musica dessa dança, que vai e que volta tornando pro mesmo lugar!
Muito bonito este teu poema
Mil beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Dançar faz bem pra alma e para o coração.
Esse seu cantinho é realmente um "Mundo Azul".
Otima noite pra vc.

beijooo.

Lúcia disse...

A esta hora da manhã aqui deste lado dommar (são peto das 4 da manhã), dão que pensar, as tuas palvaras.
Muito linda e sentidas. A vida assim, em dança.
Beijinhos

Vivian disse...

...bom dia, poetisa das letras mágicas! muahhhhhh

Jorge P.G disse...

E na dança da vida temos mesmo que bailar, Zélia.

Muito interessante este seu poeminha!

Um abraço.
JorgeP.G.

Osvaldo disse...

Oi Zélia;
Neste poema versado, a Zélia verdadeiramente "dançou com as palavras" o que deu um alto valor ao sentimentos transmitidos pela autora.
Disse um dia que o poeta deixa escorrer pela ponta dos seus dedos toda a torrente de lavras vulcânicas que lhe vai na alma e a Zélia é tudo isto.
bjs.

Peter Pan disse...

Linda Amiga:
Sabe que é uma pessoa preciosa, não sabe?
OBRIGADO sentido e sincero pelos seus gestos e atitudes inigualáveis.
Beijinhos

p.pan

AnaMar disse...

Belo poema. Mas teria que dizer o mesmo de tudo o que escreve.

Nesta dança de palavras, de sentidos, sabores e demais coisas que é feita a vida, desde que a musica nos inspire, não é solidão, dançarmos sós..

Rodopiar pela sala, mesmo quando ninguém vê. :-D
Mil e um beijos

instantes e momentos disse...

Estou aqui no finzinho, só pra dizer que gosto daqui.
Apareça
Maurizio

Leticia Gabian disse...

A dança do teu mundo azul é igual a muitas outras de outros mundos, de outras cores...

Beijo grande, Zélia

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Esse seu anjo torto é danado de bom nos presentes que te dá!
Não tenho aparecido com mais freqüência porque voltei a trabalhar e não tenho mais o tempo que tinha antes (casa, marido, filhos, serviço, trabalho voluntário, etc...) às vezes venho, leio, e vou-me em silêncio.
beijo e luz

Véu de Maya disse...

Todas as fibras da sua alma perfumada nestas palavras de vida
onde a poesia se liga a ela para lhe dizer que é raínha...puro e genuíno...como o seu mundo azul.

abraço terno

VÓNY FERREIRA disse...

Entrar na sua página e ler o que escreve é sempre fascinante. Sinto-me como que em casa... se me permite a expressão!
Zélia no dia em que comemorou mais um aniversário dediquei-lhe no Luso Poemas um pequeno texto. Tenho uma duvida! Leu?
É que estranhei (sinceramente) o seu silêncio. Espero sinceramente que tenha sentido que o fiz com carinho e com a admiração de quem escrevendo também, sente na sua alma, uma irmã com quem posso dialogar.
Um beijo e obrigada pela sua visita ao meu blog
Vóny Ferreira

Eduardo Aleixo disse...

Zélia:

Ou foi magia tua, ou manha do teu anjo, será torto? será dançante? O que sei é que vais triste nesta dança. Apetece sair dela, por te ver assim tristonha e só. Mas ela, a dança, é bela. E assim é como dizes no poema: já sabias tudo, já tinhas aprendido, mas voltaste a entrar na dança. Do poema, tristonho, mas bonito. Que a solidão do mesmo acabe e outra dança venha. Festiva.
Beijo.
EA

Iana disse...

Sementes no chão, nasce e cresce emoção
Um jardim sem flores não é jardim
O meu é, e, floresce a cada dia, mesmo estando ausente
Minhas maravilhosas flores me enchem de alegria....

Amigos (as) O meu muito “Obrigada” por fazerem parte desse meu lindo e encantado jardim, e por terem o regado sempre enquanto estive ausente... Ao ler os vossos recados, deixaram-me alegre e feliz.

Passei por dias difíceis, (saúde) é, a saúde dessa vossa amiga não anda lá muito boa e é por isso que as vezes preciso de me afastar.

Tenho dias que não consigo estar por cá e dar a todos os amigos leitores o carinho que tanto merecem, receber dessa vossa “Rosa Amiga” o cuidado, dedicação, amizade, carinho e atenção.

Venho agradecer a todos pelo carinho, apoio, dedicação, atenção e amor pelo meu espaço entre as flores e pela minha pessoa. “Obrigada”!

Estou voltando aos poucos, e espero mais uma vez a compreensão de todos se caso eu demore a responder ou visitar-vos, espero estar bem para então voltar a dar o melhor que sei dar a meus queridos (as) amigos (as)...

Beijos doces dessa sempre
Rosa amiga
Iana!!!

Betty Branco Martins disse...

.querida Zélia










.cheguei!!!_______das minhas férias:)


obrigada pela visita.e pelo carinho da leitura.e.da.palavra


.agora é só mesmo um___olá!
volto mais tarde para ler e comentar








beijO_____C_____carinhO

Artista Maldito disse...

Olá Mundo Azul
Ontem deixei um comentário, mas como sou muito distraída penso que me falhou algo.
Bom, eu só comecei a conhecer o seu blog, através de um bom amigo,António Pais de Tentativas Poemáticas. Foi uma agradável surpresa, é um blog muito bonito, poético e intimista. Este Mundo Azul que nos separa é apenas o oceano: AZUL.
E é neste rodopio que também nos vamos encontrando.
Muitas felicidades e que a "asa torta" do seu anjo seja a mesma que eu penso terem os verdadeiros anjos.
Isabel

Smile disse...

Olá Mundo Azul,
Lindo poema o teu … aliás, maravilhoso é todo o teu blog. Os meus parabéns.
Sabes, já estive no Brasil e a única cidade que conheci foi Curitiba… muito limpinha e verde… adorei.
Obrigada pela tua visita no meu cantinho.
Bjs e um Sorriso do tamanho do meu País que apesar de pequeno é grande de coração

Andre Martin disse...

Obrigado pela visita e suas palavras lá no blog coletivo que participo. Que bom que gostou. Talvez goste dos outros dois. Fique à vontade para voltar.

Gostei o que vi aqui. Você tem mesmo VEIA DE POETA!!! Escreve rimas com uma fluidez natural! Soa tudo muito bom.

O título de "A Dança Que Vai e Que Volta..." me lembra as ondas do mar, mas não foi desta vez que elas lamberam seus versos. rsrs

Gostei REALMENTE da "Essa Noite Não Cantarei Versos...". Imbatível!

Andre Martin disse...

Ah, outra coisa: é um tanto embaraço chegar aqui e ser apenas o 107 a comentar neste blog. rsrs
Brincadeirinha! Parabéns pelos amigos que tem! Que se multipliquem!

http://mesdre.myblog.com.br
http://famainfame.blogspot.com
http://fractar.blogspot.com

Regi disse...

Olá amiga...
Faz tempo q não passo aqui no seu cantinho.
As coisas estão corridas, mas saiba q não me esqueci de vc...
Beijosss se cuida!!!

o que me vier à real gana disse...

Olá, Obrigado pela visita. O seu, é um blog a visitar!

Novo Olhar disse...

Zélia, um lindo poema, para um belo dançar, com esta musica que é uma delicia.

Um beijo
Dolores

C Valente disse...

"Na dança doida da vida"
mas siga a musica
Saudações amigas

Angela Ladeiro disse...

Fiquei indecisa! Escrevo?! 112 comentários é muita coisa...nem sei o que dizer para ser diferente. Mas gostei do que li e por isso aqui fica o meu depoimento. Parabéns

Angela Ladeiro disse...

Ah...o mais importante é que a saúde retorne! As melhoras.

ANA DINIZ disse...

Amiga,

venha se envolver nos meus novos versos...

Bjos!

Pedro Favaro disse...

Linda poesia!

Delfim peixoto disse...

Deliciosamente ouvida, lida e sentida

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Vim aqui e dançei, como há muito tempo não fazia. Linda demais esta poesia. beijos

SAM disse...

Querida,


maravilhosa poética nesta dança doida que é a vida. Recordações vão e voltam...


Grande beijo!

Ilaine disse...

Maravilhoso aqui, menina!
Linda poesia!

Beijo

paula barros disse...

Lendo e pensando...
belo poema.
abraços

adelaide amorim disse...

Oi, Zélia!
Belo blog de poemas, imagens e tantos amigos.
Obrigada pela visita tão gentil.
Um beijo.

bete pereira da silva disse...

Oi Zélia, desculpe por ter demorado a vir aqui agradecer sua visita, fiquei muito feliz. Apareça sempre por lá, sua contribuição é importante, e eu falo sério. Gostei muito daqui!

Betty Branco Martins disse...

.querida Zélia





os




.sentires





do teu poema




comandam a dança_____...





e





a dança da.vida.não.para.de.girar!!!




______________...









beijO____C____carinhO

Crisfonseca disse...

Simplesmente sublime tua escrita.
Sempre que aqui venho me encanto
Beijos,
Cris

Marta disse...

Dança com palavras que tudo dizem e em nada estão sós...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

O Profeta disse...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar nas águas do sonho de capitão do Calhau


Bom fim de semana



Mágico beijo

legivel disse...

tornando p´ro mesmo lugar
a vida não pára, avança
é um constante dançar
sempre a dançar não se cansa.


beijos e sorrisos.

sorria, disse...

=D

adorei TB a montagem q fez com sua foto...
PERFEITO...

sempre q puder volte lá...
GRANDE BJU

Dry Neres disse...

Dança: uma de minhas paixões!!
Observando teu perfil, onde você diz: Bicho Indomável...
Admirei-a hoje com um Q elevado.. devido a esses dois pontos que me aproximam tanto de você..
Muito bom, muito bom mesmo!!!
Bjooo..

Papoila disse...

Zélia:
Desta dança doida da vida que vai e que volta guardo bem guardados estes versos
Já tomei gosto em ser só
porque aprendi muito cedo.
Sou triste, mas vou sem dó
Beijos

Rose disse...

olá menina, também bicho do Paraná... rs

que bom que vc veio ontem... fiquei feliz... e hoje estou feliz por vir aqui e ler poemas tão bem construidos, em veros e passos de dança.

bom fim de semana e grande abraço

Mary West disse...

Sonhar é um privilegio, poucos dão o valor adequado.

Charlie disse...

A vida é um carrossel.
Cheio de Primavera e som e cor e rodar em redor. Altos e baixos e sempre em rodopio, volta após volta.
E vive-se uma e outra Primavera.
E sabemos dos Outonos e outras Primaveras.
Ja mais mansas e quietas, cansadas de Invernos.
Esvanece o brilho, apagam-se as luzes volta após outra.
E passamos pelas mesmas voltas, altos e baixo.
As cores desbotadas nas voltas seguintes terão os tons pretos, brancos e por fim, cinzas levadas pelo vento

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...
Ganhei do Daniel Milagres e da Ana (Vento sem asas) OBRIGADA, meus queridos amigos!!!

Ganhei do Alvaro...OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

GANHEI DA MINHA AMIGA ISA!!! OBRIGADA, QUERIDA AMIGA...

Ganhei da minha amiga JUANI!!! Obrigada, de coração...

Ganhei da Minha amiga Marta Vasil, do "Lua com Dona"!!!Obrigada!

Recebi esse premio da minha amiga, MARIZ...............do meu amigo, EDUARDO ALEIXO..................e da minha amiga HELEN os........................OBRIGADA, queridos amigos!!!.......................................Recebi também da minha amiga FANNYe da amiga Marta Vasil, do Lua com Dona! Obrigada!!!!

Ganhei do blog PELOS CAMINHOAS DA VIDA! OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Izinha do "Magico Olhar"!!!


Ganhei da sam! Comemoração do aniversário do seu blog...OBRIGADA, amiga!

Ganhei do meu amigo, Bill Stein Husenbar OBRIGADA!!!

Ganhei da Ana, do blog SAGITÁRIO!!! Obrigada!!!

OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Ganhei do blog, PELOS CAMINHOS DA VIDA...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da ANA DINIZ... Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei do Martim, do blog"onde me esperas?" Obrigada meu amigo!

OBRIGADA, Serena Flor!!!

Ganhei da Mariz do blog "sou pó e luz" OBRIGADA, amiga!!!

Ganhei da Serena Flor! Obrigada, minha amiga...

Ganhei do meu amigo Tossan, do blog Klic Tossan! Obrigada!!!

Ganhei da Maria, do blog "PAPOILA". Obrigada, amiga!

Ganhei da minha amiga MARIZ! Obrigada...

Ganhei do blog SORRISO! Muito obrigada, amiga!!!

Ganhei da Neide! OBRIGADA, amiga!!!

OBRIGADA, meus amigos!!!

Ganhei da REBECA e JOTA CÊ! E também me foi ofertado pela MARTA VASIL...Obrigada, queridos amigos!!!

Esses selos ganhei da minha amiga, Anita Fonseca...OBRIGADA!!!

Esse selo ganhe da minha amiga Mariazita e i do meu amigo Alvaro! Obrigada!

GANHEI DA ISA, do blog MOMENTOS MEUS...Obrigada, é lindo!

GANHEI DO MEU AMIGO ALVARO! Obrigada!!!

Recebi da minha amiga Margarida do blog FRAGMENTUS e do meu amigo DANIEL SAVIO! Obrigada!!!

Ganhei do blog SONH@DOR@.50...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da Isa...Obrigada, querida amiga!!!

Ganhei da Isabel, do blog BC e da Mariz do SOU PÓ E LUZ!! Obrigada minha querida amiga!

Ganhei da Isa, do blog MOMENTOS MEUS...OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Mariz! Obrigada, amiga!!!

Ganhei da CLEO! Obrigada, minha amiga!!!

GANHEI DA FANNY e da Margarida do blog Fragmentus...OBRIGADA, amigas!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Recebi da minha querida amiga, ISA! Esse é o Troféu do Amigo! Esses blogs são extremamente charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu. Passo a: SAM, SERENA FLOR, TOSSAN, PAPOILA, CLEO, FRAGMENTUS, MARTA VASIL, MARIZ. Estou passando às primeiras pessoas que me ofereceram um selo...