quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009


ULTIMO PASSARO A DEIXAR O NINHO...

Para o meu filho Luiz Fernando



Ultimo pássaro a deixar o ninho...
Sozinho, vai buscar o seu destino.
Ontem menino e hoje peregrino,
segue o sino a indicar-lhe o caminho...



Mais um lugar vazio em nossa mesa,
é a certeza da lágrima quente...
O ausente que estará sempre presente,
na queixa muda da palavra presa...


Que seja largo o vôo em céu bem limpo
e as sombras se vierem, sejam raras...
Fiel lhe seja a luz da confiança!


Que nunca lhe falte a perseverança
e alcances sim, o mister que almejaras,
tão forte, quanto os deuses do Olimpo...



Agradeço de coração, 
os e-mails tão solidários que tem me mandado!
Como é bom sentir o carinho de vocês...


#############

109 comentários:

sagitario disse...

parabens ao filho e à mãe, pois é uma ternura este poema.

antonio - o implume disse...

As sombras, por vezes, somos nós ao sol.

Daniel Savio disse...

Hum, mas vai dizer que não bate um orgulho maternal com ele começado a voar sozinho?

Fique com Deus, menina Zélia.
Um abraço.

Roderick disse...

Então o filhote saiu de casa?
Mais um degrau na escada da vida!

LOURO disse...

Querida Amiga Zélia,é a lei da vida,pois nós pais tambêm já fizemos o mesmo,só esperamos que o seu vôo seja alto e em céu limpo,
porque o ausente estará sempre nos
nossos corações!!!

Beijinhos de carinho e amizade

Lourenço

Em busca da auto estima perdida disse...

Ola , vim visitar o seu cantinho e retribuir a sua visita ... Obrigada por suas palavras de motivação ...
Amo a cor azul
me tras uma paz....
Amei esta música q toca aqui no seu blog tb ... me lembra... minha confusa adolescencia

Nossa... que filho mais Lindo ...
Estou vendo que a Blogosfera esta cheia de talentos para poesia... Amo poesias.. tb mas deixei de escrever há algum tempo ... nem eu mesma sei o motivo

Bjos e mta Luz
Gra

elisabete fialho disse...

Oi Zélia,dizer que está bonito...nem vou perder tempo a dizer aquilo que é obvio Boa???
Apenas vou deixar um abraço com ternura

Isa disse...

Aqui lhe deixo o meu carinho.
Que o vôo seja de realização,forte e feliz.Que,uma vez ou outra faça uma pausa para se sentar na vossa mesa. Aliás nunca de lá sairá.
Beijo.
isa.

Eu disse...

Nossa!! Passei por isso, e confesso que não foi fácil. Sofria cada vez que, na madrugada, entrava no quarto e a cama estava vazia. Foi uma mistura de dever cumprido e um vazio!! E a pergunta que não calava... e agora??
Chorei muito de saudade. Pedi muito ao Universo proteção... passei noites infinitas acordada. Hoje? Sou muito mais tranquila, mas ainda continuo mãe!
Beijo grande!
Eu

Eu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alvaro Oliveira disse...

Bonito este poema.
Quenesse voo ele encontre mesmo
o que almejou ao saír do ninho.

Um beijo

Agulheta disse...

Querida amiga!Aconteçe com todas as mães,ver os filhos voar e adorei o poema,como tal parabéns ao filho e a mãe,neste vôo de felicidade e complicidade.

Beijinho e paz no teu coração

Lisa

Zé Carlos disse...

Olá Zélia querida, parabéns pelo lindo poema....
Obrigado pela visita, agora me diz, o amor não é mesmo a melhor coisa do mundo???
Beijão do Zé Carlos

Lu Cavichioli disse...

Ai que lindo como tu falas desse filho?!

Quanto à poesia, tu escreves com maestria em versos elegantes e cadenciados. Gosto muito da tua escrita.
Te aplaudo

ultrabeijos e fique na paz!

utopia das palavras disse...

Ninho de mel
sonho voado
alegre batel
de esperança cruzado...!

A felicidade seguir-vos-á!

Beijinhos

Osvaldo disse...

Oi, Zélia;
Feliz do filho a quem a mãe dedica um poema tão terno, comovente e sublime de amor...
Felicidades para o Luiz Fernando, que descubriu que os horizontes não têm fronteiras...
bjs

Alda disse...

Zélia, lindas palavras para o teu filho! Filho tenha que idade tiver, é sempre para a mãe a uma procupação!
Beijinho de Luz

Franzé Oliveira disse...

Antes de tudo obrigado pela visita. O conteúdo impróprio foi devido as fotos que muitas vezes sensuais ou com sentido de dor, sofrimento ou coisas desses gêneros, podiam chocar aos desatenciosos de letramento e assim fico livre para escrever o q quizer, entende? Leia a postagem "Todas as palavras" e os seus cometários que vc vai entender. Quanto a seu mundo Azul só tenho uma coisa a dizer LINDO. A nostalgia da música de muito bom gosto. Nossos filhos? Acho q somos apenas o caminho, eles são do mundo. Bjos com carinho, viu?

Ana Martins disse...

Querida amiga Zélia,
linda e ternurenta homenagem ao seu filhote, com a profundidade que só um coração de MÃE sabe transmitir!

Beijinhos,
Ana Martins

Fatima disse...

Parabéns e felicidades para ambos!
O poema está lindo!

mariam disse...

Zélia,

belo poema, a fazer jus ao filhote. Parabéns!
Toda a felicidade para ambos!

boa semana
um sorriso :)
mariam

Virgínia Allan disse...

Obrigada, Zélia... mas seus poemas também são um encanto e de uma delicadeza extrema... este último então... tocante. Um abraço e toda sorte ao seu filho

escarlate.due disse...

adorei a ternura :)
fez-me lembrar quando tive de sorrir ao ver o meu pássaro largar o ninho...
beijinho :)

Lia disse...

Que lindo...
O coração de mãe aperta , não é mesmo?`
É lindo o seu poema, o seu sentir, o vôo dele emais lindo ainda a saudade que fica porque já cantaram uma vez "saudade existe para quem sabe ter", não é?
Esse sorriso dele vai conquistar o mundo!
Bjo bem carinhoso

Betty Branco Martins disse...

._________querida Zélia




repleto de amor




.e





ternura este poema







com toda a certeza que será



FELIZ:=)


__________///









beojO______ternO

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Zélia, belo poema...felicidades para os dois...
Beijos

Gleidston dias disse...

Verdadeiro e belo poema, parabens a ambos e que a felicidade esteja sobre os caminhos do filhão que com certeza merece.

bjsss

Martinha disse...

Que lindo! :)
Parabéns ao teu filho, pelo caminho trilhado até aqui!
Que a felicidade o acompanhe pela vida fora, e a sua vida seja o melhor caminho que ele percorra.
Beijinho *

Nanda Assis disse...

ôôô minha sogra!!!
me fala pra onde esse pássaro voou que vou voar tbm.
parabéns, esse foi bem feito!!
bjosss...

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDA ZÉLIA, QUE SONETO MAIS TERNURENTO... PARABÉNS AO FILHO E A MÃE... QUE O TEU CORAÇÃO ESTEJA FELIZ, SÃO OS MEUS VOTOS... FERNANDINHA

BANDEIRAS disse...

Deve ser doloroso qdo um filho sai de casa, mas por outro lado querida, vc ficou com a consciencia tranquila de mais uma etapa superada.
Todo pássaro um dia precisa sair do ninho, faz-se necessário para que ele aprenda a voar com suas próprias asas. Isso se chama maturidade, crescimento, independência. Encare isso com muita naturalidade. A minha mãe infelizmente, precisou de muitas horas no consultório médico para se acostumar com minha ausência, não achei legal, pois me sentia culpada por ela se sentir assim. Mas era de se entender, fui a primeira a dar meu vôo de liberdade entre 6 irmãos.Hoje, ela se recorda desse episódio e rimos bastante.

Ei ! vc anda sumida !
Saudades...muitas

Bjs

Humana disse...

Que lindo Zélia!
O teu filho e o amor que nutres por ele.
Que sensação estranha e maravilhosa, ver um filho crescer...os meus ainda não "abandonaram o ninho" mas só desejo tal como tu, que "voem" bem alto, livres e felizes!
Um beijo com muito carinho.

Zé Maria disse...

De facto, amiga Zélia, os filhos são isso mesmo: dons que nos são oferecidos. E um dia sabemos bem que, como dizes, abandonam o ninho. à procura do seu próprio destino. É uma questão de vida. A nós, cabe-nos a tarefa de sabermos olhar tudo isto com os olhos que descobrimos neste seu poema. Os olhos de quem ama.
Que bonito. É isso que vale a pena.
Bjs

Carla disse...

que encontre o caminho que o leve à felicidade
beijos

Carlos Barros disse...

Um poema terno, doce que flui de um amor de mãe.

Beijo pra ti!

Multiolhares disse...

Assim são os nossos filhotes, um via aprendem a voar, no entanto são nossos filhotes para sempre
bj

Nuno de Sousa disse...

Fica a saudade de o ver partir mas pro outro lado a felicidade do dever de mãe cumprido, afinal ele seguiu o seu caminho pelos ensinamentos de seus pais e sei q uma mãe como tu fez dele um homem que admiras e te orgulhas logo ai deve sorrir e te sentires uma mulher feliz pelo teu dever de mãe... certo :-)

E um dia que venhas a Lisboa avisa que estarei por cá para te receber amiga e olha q tens novas fotos de Lisboa agora antiga em meu blog...

Bjs grandes em ti,
Nuno

Pjsoueu disse...

Zélia; acredito piamente que ele ao sair vai com a bagagem da educação que vc lhe concedeu...alem do seu amor incondicional e isso é segurança para ele e para vc; acredito:)


beijos com o desejo que seu filhote seja muito feliz, fazendo ainda mais feliz a mãe, Voce:)

beijos do amigo Pj

Maripa disse...

Minha querida,de coração cheio de amor e já apertadinho de saudades...que o vôo do teu filhote seja sempre azul e com muita luz.

Beijo,Zélia e o meu carinho.

direitinho disse...

Parabéns pelo filho e ainda parabéns pelo poema.
Não o conheço mas pela beleza do poema e pela preocupação exposta pela mamã dá para ver a beleza de tão nobres corações.
A nossa alegria misturada em sofrimento custa muito a aceitar, mas por outro lado sempre desejamos isso mesmo.
- Que partam e caminhem.
- Que construam novas vidas e novos ninhos de amor e carinho.
Bem hajam todos , os seus filhos, os meus filhos. Que Deus esteja com eles e os guie sempre.

João Reis disse...

É sim. Um dia teria de ser. Mãe sofre! Foi lindo o que escreveste. Sentido. Parabens à mãe e ao filho.
Bjs

Mariazita disse...

Apesar de uma ligeira névoa de tristeza, é um lindo poema, e uma linda homenagem ao filho que vai voar apenas com as suas asas, deixando para trás a asa da mãe...
Escorre ternura e esperança.

Que o "pássaro independente" seja muito feliz.

Beijinhos
Mariazita

GMV disse...

E com uma Mãe-Zélia, jamais esquecerá quem o ensinou a voar.

Lindo, cheio da tua Luz.

Beijo com carinho

J. Araújo disse...

Passeando por esse Mundo Azul, deparei com esta bela poesia dedicada ao seu filho. Linda, linda. Parabéns!

Abraço

J. Araújo disse...

Passeando por esse Mundo Azul, deparei com esta bela poesia dedicada ao seu filho. Linda, linda. Parabéns!

Abraço

Paula disse...

Bom dia,
Belo poema. Não sei qual a sensação de ver os filhos "partir" e irem às suas vidas... Por enquanto vou aproveitando o meu que felizmnte ainda não está em idade de sair de casa.
Beijo e bom fim-de-semana,
Paula

Tatiana disse...

Filhos bem criados são uma raíz eterna... e aonde eles estiverem estaremos juntos.
Lindíssima declaração de seu amor!
Desejo um belo final de semana para você!
Um beijinho carinhoso!

Anônimo disse...

Sem palavras Amiga...
Me emocionei muito...
Simplesmente VOCÊ!!!
Um beijo carinhoso
Arlene

joyce domingos disse...

Amor de mãe é sagrado ...puro....maravilhoso....

Não tive como não lembrar de Cartola....

''Ainda é cedo amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora da partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção querida
Embora saiba que estás resolvida
Em cada esquina cai um pouco a tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és

Ouça-me bem amor
Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões à pó.

Preste atenção querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás a beira do abismo
Abismo que cavaste com teus pés''

....linda canção....e lindo teu amor de mãe...lindo poema^^

bjbj...pretah

o amnésico disse...

Com pelo menos um século de atraso (após você ter me feito o elogio de que mais gostei até hoje!) venho visitar seu blog; me perdoe pela mancada...

Se eu não imaginava o que é ter um filho largando de minha mão para seguir vida à fora, você me mostrou com sua poesia, nem sei como reagiria se acontecesse comigo!

Agora que finalmente aprendi o caminho, estarei sempre por aqui.

Beijo mnemônico.

JOSÉ NEVES disse...

Com toda a certeza que o teu filho alcançará o que mais desejar.
Parabéns por tão belas e emocionantes palavras, felicidades para ambos.

Um beijo com amizade.

lua prateada disse...

E é assim amiga ,agora é a vez deles criarem asas,parece á poucos dias que seriam seriam só nossas asas a protege-los e continuamos na mesma sim...

Passei correndo
Com xuva,vento e frio
Passei voando
Arrastada por um fio.

Não passei por nada
Apenas ,porque de mim emana
Grande amor por meus amigos
Passei desejando bm fim d semana.

Beijinho prateado com carinho

SOL

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Fazer amor é andar por
Caminhos da alma
Com o toque de um beijo
Sem pressa...
Sentir o roçar da mão no ombro
Daquele que caminha ao lado,
Acordar sempre com um
Eu te amo,
Renovado e sincero...
Ver juntos o por do sol,
Em silencio ler um livro
Numa velha poltrona..
Fazer amor é pisar na eternidade,
Fazer estrelas e sentir
O perfume das manhãs,
Sorrisos de sol,
Olhos de mar...
Fazer amor é realizar sonhos,
Viver na consistência do céu...

Sônia Schmorantz

Só passei para te desejar um lindo final de semana
Abraços

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Olhe que os deuses do Olimpo também tinham as suas fraquezas... (rs)


Bom fim de semana para si.

Bjs

Celamar Maione disse...

Que ele tenha um voo magnífico, cheio de belas e boas lições.
É um voo único. Intransferível.
Belo poema !
Ótimo final de semana.
Beijão

Luiz Caio disse...

Olá amigos!
Estou passando rápidamente para comunicar-lhes que estou sem net desde quarta feira (dia 4) por isso estou ausente! Mas assim que o problema for solucionado colocarei tudo em ordem novamente...

Obrigado pelas visitas e pelos comentários que me deixou!

Um grande abraço, e um ótimo final de semana!

Laura disse...

Só quem passa pelo mesmo sabe valorizar a dor que se sente naquela presença já ausente

ausente apenas em momentos
pois temo-los sempre cá dentro
como se do nosso ventre nunca saíssem...

Boa sorte para ele e para os outros que também já esvoaçaram e vivem suas vidas... Um beijinho da laura..

heretico disse...

belo soneto...

muitos parabéns. pelo poema e pelo aniversario.

beijo

Pena disse...

Linda Amiga:
Uma comovente e extraordinária dedicatória de sonho ao seu filho, fruto do seu incalculável amor. De encantar e deliciar. Refere um sentir mais alegre, harmonioso e sensibilizado que estende, com simpatia a todos, mas todos.
Linda, a sua atitude e o que é.
Excelente, amiga enorme, deixa-me feliz com a sua pureza e beleza. Com o seu amor que jorra, belamente e carinhosamente de si e do que é. A Mãe que é merece tudo de bom para o seu filho que só poderá agradecer-lhe, pelo valor de um tesouro autêntico e infinito que a "habita".
Adorei!
Uma fabulosa postura carinhosa numa pessoa doce e encantadora.
Beijinhos de admiração que sempre a respeitará e estimará


pena

OBRIGADO pela simpatia tão grande expressa no meu "cantinho" que fazem parte do meu existir e sentir.
Bem-Haja, amiguinha!

caurosa disse...

Olá querida amiga Zélia, mas que bela e singela homenagem. Que grande orgulho saber que sua nobre missão foi cumprida com sucesso. Parabéns e muita felicidades.

Paz e harmonia para você.

Forte abraço,
caurosa

EDER RIBEIRO disse...

Minha mãe sempre me disse que não criamos os filhos para nós, e ela por estar tão distante me faz tanta falta. Bjos e que os dois possam sempre estar juntos mesmo ausentes.

a.m disse...

Eu serei o último pássaro a sair do ninho e isso custa-me tanto, cada passo que dou, pois vejo que os sentimentos que brotam e fazem com que volte para trás, mas sei que um dia terei de sair.

As maiores felicidades

Duarte disse...

Emoção, nobre sentimento, já que é assim o sentir duma mãe, que leva toda uma vida a cuidar, cuidando.

Oxalá que tudo lhe saia como tem previsto e tu possas admirar, desde a contemplação, os seus êxitos.

Um grande abraço de amizade

Flavio Ferrari disse...

Ambíguas emoções. Dor da ausência, orgulho da cria. Ser mãe é, sempre, muito intenso.

Sonia Schmorantz disse...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
abraços

b disse...

A prova do elemento ar.
Perdas.
A gente vence essa prova, colaborando com o que não pode ser mudado.
Parece óbvio.
Mas há que se ir além do óbvio - corrigir a postura de tristeza e ser criativa consigo.
Seu texto foi uma grande lição .

Parapeito disse...

...e Ele vai voar bem alto mas a saber sempre onde encontrar poiso seguro.
Um pequenino mimo para a Zélia :
(parte do "Poema á Mãe")

...

Olha - queres ouvir-me? -
Às vezes ainda sou o menino
Que adormeceu nos teus olhos;

Ainda aperto contra o coração
Rosas tão brancas
Como as que tens na moldura;

Ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa
No meio do laranjal…

Mas - tu sabes - a noite é enorme,
E todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura,
Dei às aves os meus olhos a beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo as rosas.

Boa noite. Eu vou com as aves.

*
Eugénio de Andrade.

Um domingo cheio de Azul***

Tatiana disse...

Passei aqui para lhe desejar um belo Domingo!
Que seja muito...mas muito especial o seu dia!

Um abraço carinhoso

Leonor Cordeiro disse...

Querida Zélia,

Meu carinho e afeto para você e seu amado filho.
Lindo poema !
bjs!!

Leonor Cordeiro

António Silva disse...

Olá Amiga Zélia!
Gostei do que li! A música é demais! Felicidades para o "passarinho" e muita coragem para a mãe... Beijos. António

JC disse...

Parabens. O lugar está sempre preenchido. Nunca lá vai faltar ninguém. Na nossa mente os nossos filhos estão sempre presentes.
Beijinhos

elvira carvalho disse...

Que tudo lhe corra bem e que seja muito feliz.
E a amiga, como vai? Tudo bem?
Adorei o poema. O meu pássaro, (infelizmente só tenho um) deixou o ninho em 2007, e desde 4ª feira passada, também ele tem um novo passarinho no seu ninho.
Verdade amiga, já sou avó.
Um abraço e bom Domingo

Gata Verde disse...

Deve ser difícil ver um filho "voar", mas desde que esteja feliz tudo fica bem!

beijinhos

helen ps disse...

Querida Zélia:
quando um filho deixa a casa para trilhar caminho próprio é nosso segundo parto. Dói. Mas sabemos que assim deve ser. Os pais são o arco, os filhos são a flecha, já dizia K. Gibran. Que o voo dele seja tranquilo e feliz.

Abraço,

PAZ e LUZ

poetaeusou . . . disse...

*
deste-lhe seguras asas,
ele voará até ao Olimpo,
e no Eden será Adonis,
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

mariam disse...

Zélia,
votos de boa semana :)
mariam

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ZÉLIA, VOTOS DE UMA BOA SEMANA... UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Mr. Ziggy disse...

Creio eu que as mães estarão sempre fadadas a contemplar o alçar de vôo dos outrora pequeninos. Beijos!

Laura disse...

E quando a casa lhe parecer
Tão vazia
Revolva as coisas
Mas, deixe tudo no lugar
Tudo o que ele vai ver
Quando a casa retornar...

É tão bom quando o meu Nuno ao lar retorna, tão bom que nem dá para explicar, mas de meses a meses ele vem, e isso é o que importa..beijinho da laura..

mari (a)penas... disse...

A vida em andamento. Não é mau sinal, apenas alguem cresceu...
E é preciso deixar ir.

Beijinhos

Juani lopes disse...

es ley de vida, pero como duele cuando dejan el nido
saluditos

O Árabe disse...

Assim é, amiga: os filho se vão... e continuam em nós. :) Boa semana!

Sol da meia noite disse...

Minha amiga, a vida também é feita de partidas que deixam um triste rasto de ausência.

O teu coração de mãe ditou belas palavras que com amor aqui deixaste.

Esta ausência presente de que falas, é sustentada por fortíssimos laços, que perduram vida fora...


Beijinhos carinhosos * *

Daniel Aladiah disse...

É um momento de alegria quando conseguimos que todos eles voem com as suas asas.
Um beijo
Daniel

BC disse...

Lindo Zélia.
Filho é sempre filho.
Amor de mãe é sempre amor de mãe.
E um poema da Zélia, é sempre um poema da Zélia.
PARABÉNS
Beijo
Isabel

Efigênia Coutinho disse...

Zélia Nicolodi, COMO NÃO LHE DIZER QUE PEQUENINOS CRISTAIS ROLAM FACE ABAIXO AO LER ESTE LINDO SONETO DEDICO AO SEU FILHO! SEI QUE A SAUDADE DEVE SER GRANDE, POIS TB JÁ PASSEI POR ISSO, MAS VAMOS VER ELE SE DESTACANDO AO MUNDO, E FICAREMOS FELIZES COM SEU SUCESSO. OBRIGADA PELA SUA VISITA AO MEU ESPAÇO, QUE REALMENTE ESTÁ DOURADO, MINHA COR PREFERIDA, COM ADMIRAÇÃO,EFIGÊNIA

Desnuda disse...

Que seja sempre iluminado pelo amor o caminho a seguir e que os anjos digam Amém aos desejos de mãe e filho.


Grande beijo, amiga!

claudia disse...

zelia

belo poema


vc ta de parabens

com carinho beijos
claudia

Daniel Costa disse...

Zélia

Quando os filhos se emancipam, deixando o ninho paterno e os pais sentem orgulho pelo dever cumprido, ficam de parabéns.
Não perderam, terão elevado a sociedade.
Parabéns!...
Beijo
Daniel

Beatriz disse...

Zélia, minha doce amiga, o poema de despedida para teu filho, enterneceu-me! A mamãe sempre diz que devemos criar os filhos para o mundo, mas tenho certeza de que, cada filho que abre as asas e parte em busca dos próprios sonhos, leva um pedacinho do coração da mãe. Esta tua postagem exala uma ternura meio doída, que a gente lê e sente junto contigo a dor da partida. Ainda bem que tens o consolo de sabê-lo bem, em paz, e que a partida se dá justamente porque soubeste fortalecer suas asas com os bons princípios que nortearão os seus caminhos.

Grata, minha linda, por me teres colocado no painel de Natal. Sensibilizou-me teu gesto! Não vi na ocasião por já estar afastada da blogosfera, onde me mantive por todo este tempo. Mas agora estou de volta, não mais no CARTAS, mas neste outro cantinho:
http://meirelesbeatriz.blogs.sapo.pt, onde espero continuar a merecer o carinho de tuas visitas.

Fica com meu carinho num beijo de saudade.

(o fundo musical está belíssimo, com músicas que nos trazem uma nostalgia gostosa de se sentir).

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amagi Zélia.
Que lindo e terno poema dedicastes ao seu filho.
Que ele alcance os vôos iluminados.
Hoje são eles a seguirem seus caminhos.
Mas lembre-se minha querida
amiga, muitos anos atrás fizemos o mesmo.
Parabéns amiga...
Beijinhos doce.

Regina Coeli.

Obrigado por suas visitas ao meu cantinho.

Fique na doce paz.

mdsol disse...

Parabéns pelo filhote. Tudo de bom para ele e ...para a mamã!
:))

Menina do Rio disse...

Lindo poema, como só podia sair do teu coração de mãe. Mas é assim que tem que ser. Deixar que os filhotes voem, afinal os ensinamos a alçar belos voos pela vida.

Que seja um voo pra a amplidão dos seus sonhos!

um beijinho pra ti querida!

Pelos caminhos da vida. disse...

Filhos criamos para que sempre fiquem conosco,mas tem uma hora que eles precisam seguir o próprio caminho,é a lei da vida.
Desejo para seu filho muitos sucessos no caminho dele e cá estou amiga para deixar um abraço terno e confortante de uma outra mãe para vc.

Obrigada por se lembrar do meu nive e estar presente junto comigo nesta data especial.

Um gde abraço.

beijooo.

samuel disse...

É bem melhor voar do que ficar... por não o conseguir.
Bonito poema!

Abreijos

Diogo Caceres disse...

Bom dia tudo bem? Obrigado pelo carinho da visita, vc é muito gentil!!
Parabens pelo lindo cantinho de sentimentos e pelo post... me lembrou de uma musica q diz "depois q o filho cresce ele vira passaro e quer voar".... é o caminho de todos nos "voar" pela vida aprendendo por nos mesmos a viver!!
Muito bom esse carinho de mãe!! Mais uma vez, parabens pelo seu cantinho, excelente!!
Grande abraço!!

Eduardo Aleixo disse...

Pássaro que gosta do seu ninho de vez em quando vem ver se está tudo bem.
E se foi amado, como é o caso, nunca se esquece e nunca será esquecido. Ausente, está presente. Que tudo corra bem dentro do teu ninho.
Beijos.
Eduardo

Mª Dolores Marques disse...

Um nova fase, a vida a manifestar-se...

Gostei de estar aqui

Bjs

Ailime disse...

Querida amiga,
Que lindo soneto de amor para seu filho!
São bebés, crescem, fazem-se homens e tomam o seu rumo.
Para nós, mães, fica sempre aquela saudade embora continuem a ser sempre os nossos meninos!
Deus vai protegê-lo na sua nova caminhada e dará forças à sua maravilhosa mãe para suportar a sua ausência!
O meu grande beijinho, sempre em tons e azul!

Dois Rios disse...

Minha querida, sai um filho e voltam dois: o filho e o homem maduro.

Seus versos me emocionaram.

Beijos,

Inês

ANTONIO CAMBETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Poetisa, meus sinceros parabéns pelo Maravilhoso Poema, bem como ao enlace matrimonial de seu Querido filho, foi o último a sair do ninho e a construir o seu, mas sempre terá em seu coração aquele calor de uma mãe Querida e sempre Amada.
Sinceros parabéns e as maiores felicidades.

Justine disse...

É sempre tão difícil vê-los partir, não é?
Mas ele tem cara de saber defender-se das armadilhas da vida...
O meu abraço de solidariedade, já que passei pelo mesmo:))

frAgMenTUS disse...

o filho puxou á beleza da mãe, estou a ver...
kida poetisa, agradeço mt o teu mimo q aqui venho buscar e tb te deixo um outro, c mt carinho.
bj grnd de luz e paz e ânimo, sempre!!!

xistosa - (josé torres) disse...

Agora tarde a más horas, só posso desejar que tenha ganho mais uma filha, mesmo que o lugar do filho esteja vago ...

Marta Vasil disse...

Zélia querida

Agradeço, com muita ternura, o miminho que já vim buscar.


O último pássaro a deixar o ninho, é sempre como se fosse o primeiro não é? Sempre há-de deslizar uma lagrimita, ainda que saibamos que lhe demos (enquanto estiveram no ninho) os equipamentos necessários para seguirem o seu voo.

Beijinhos de muita LUZ para ambos.

MV

paula barros disse...

Se depender do sorriso vai desbravar com facilidade os caminhos.

Será um vôo lindo.

Criamos os pássaros e temos que apreciar os vôos e mesmo que lágrimas quente escorram na face o coração deseja que as asas cresçam sempre.

abraços

Maria disse...

Obrigada pela visita- obrigada tbém pelo comentario.
passe por lá quando quiser, me dará prazer.
Também lindo seus poemas; esse me encantou. A grande maioria dos meus, são dedicados aos meus filhos, em especial a um (Flávio).
Beijo Grande e luz sempre, pra vc.

girassol disse...

Á mesa poderemos ser sempre tantos quantos sempre fomos. Poderemos estar ocupando nossos lugares, à mesa se no coração.

Esse "último pássaro" saíu do ninho mas, Zélia, continuamos sempre sentindo seus voos por perto, por dentro...

Um abraço meu que aqui vim pelo espaço da Laurinha.
Acabei de "ouver" o bonito trabalho que fez para ela. Agradeço-lhe isso. Ela merece esses mimos.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...
Ganhei do Daniel Milagres e da Ana (Vento sem asas) OBRIGADA, meus queridos amigos!!!

Ganhei do Alvaro...OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

GANHEI DA MINHA AMIGA ISA!!! OBRIGADA, QUERIDA AMIGA...

Ganhei da minha amiga JUANI!!! Obrigada, de coração...

Ganhei da Minha amiga Marta Vasil, do "Lua com Dona"!!!Obrigada!

Recebi esse premio da minha amiga, MARIZ...............do meu amigo, EDUARDO ALEIXO..................e da minha amiga HELEN os........................OBRIGADA, queridos amigos!!!.......................................Recebi também da minha amiga FANNYe da amiga Marta Vasil, do Lua com Dona! Obrigada!!!!

Ganhei do blog PELOS CAMINHOAS DA VIDA! OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Izinha do "Magico Olhar"!!!


Ganhei da sam! Comemoração do aniversário do seu blog...OBRIGADA, amiga!

Ganhei do meu amigo, Bill Stein Husenbar OBRIGADA!!!

Ganhei da Ana, do blog SAGITÁRIO!!! Obrigada!!!

OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Ganhei do blog, PELOS CAMINHOS DA VIDA...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da ANA DINIZ... Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei do Martim, do blog"onde me esperas?" Obrigada meu amigo!

OBRIGADA, Serena Flor!!!

Ganhei da Mariz do blog "sou pó e luz" OBRIGADA, amiga!!!

Ganhei da Serena Flor! Obrigada, minha amiga...

Ganhei do meu amigo Tossan, do blog Klic Tossan! Obrigada!!!

Ganhei da Maria, do blog "PAPOILA". Obrigada, amiga!

Ganhei da minha amiga MARIZ! Obrigada...

Ganhei do blog SORRISO! Muito obrigada, amiga!!!

Ganhei da Neide! OBRIGADA, amiga!!!

OBRIGADA, meus amigos!!!

Ganhei da REBECA e JOTA CÊ! E também me foi ofertado pela MARTA VASIL...Obrigada, queridos amigos!!!

Esses selos ganhei da minha amiga, Anita Fonseca...OBRIGADA!!!

Esse selo ganhe da minha amiga Mariazita e i do meu amigo Alvaro! Obrigada!

GANHEI DA ISA, do blog MOMENTOS MEUS...Obrigada, é lindo!

GANHEI DO MEU AMIGO ALVARO! Obrigada!!!

Recebi da minha amiga Margarida do blog FRAGMENTUS e do meu amigo DANIEL SAVIO! Obrigada!!!

Ganhei do blog SONH@DOR@.50...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da Isa...Obrigada, querida amiga!!!

Ganhei da Isabel, do blog BC e da Mariz do SOU PÓ E LUZ!! Obrigada minha querida amiga!

Ganhei da Isa, do blog MOMENTOS MEUS...OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Mariz! Obrigada, amiga!!!

Ganhei da CLEO! Obrigada, minha amiga!!!

GANHEI DA FANNY e da Margarida do blog Fragmentus...OBRIGADA, amigas!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Recebi da minha querida amiga, ISA! Esse é o Troféu do Amigo! Esses blogs são extremamente charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu. Passo a: SAM, SERENA FLOR, TOSSAN, PAPOILA, CLEO, FRAGMENTUS, MARTA VASIL, MARIZ. Estou passando às primeiras pessoas que me ofereceram um selo...