sexta-feira, 5 de março de 2010

TÃO BREVE...

(foto da internet)



tão breve...



em fogo


as mão tatuaram

a pele macia da moça

e a febre dos beijos

salivaram juras,

cintilando estrelas

no lago dos olhos...



o rio correu livre

beijando todas as pedras

penetrando em todas as frestas,

brincando de ser feliz...



breve como o verão

passaram as águas,

calaram os risos

restaram as mágoas,

as águas dos olhos...


________________________________
_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

70 comentários:

Anônimo disse...

Só você extrairia beleza de um momento tão triste!

Fica bem meu anjo


Rafael

Poesia do Bem disse...

Lindamente belo!!!!!!!!!!!!!

Caterina disse...

Ciao Zélia,
il testo é bellissimo, commovente e molto intenso. Le tue immagini poetiche sono eccellenti.
Buon fim de semana amica e un grande abbraccio

Nanda Assis disse...

poesia doce como a imagem.

bjossss...

Isa disse...

Zélia,quanta doçura neste post,nesta imagem,nesta música.
Beijo.
isa.

Andy disse...

belíssimas imagens e palavras!
:)

LOURO disse...

Olá Zélia,
Tão belo e tão breve...Gostei!!!
Bom fim de semana,
Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Chica disse...

Arrepiante de lindo! um beijo tuido de bom,chica

Daniel Savio disse...

Mas vale alguns segundos de perfeição do que anos perdidos...

E bela poesia.

Fique com Deus, menina Zélia.
Um abraço.

Dauri Batisti disse...

Tudo lindamente harmonizado, o poema nota dez, a ilustração, a música de fundo e a tarde que aqui em Vitória-ES cai numa pequena abertura de sol por entre as nuvens pesadas de chuva.

Um beijo

xistosa - (josé torres) disse...

E quando o amor corre livre ...,
desculpe, quando o "rio correu livre"...
Não há fronteiras nem anteparos.
Não se consegue suster o amor, mesmo que fiquem só cinzas da fogueira que ardeu.

Cumprimentos e bom fim de semana.

Canduxa disse...

Breves momentos cantados num poema muito lindo.

beijinhos

Sonhadora disse...

Que ternura de poema...adorei.


breve como o verão

passaram as águas,

calaram os risos

restaram as mágoas,

as águas dos olhos...

Lindo

Beijinhos
Sonhadora

Maria disse...

... e tão breve como o verão, deixar-te comigo a saudade do teu calor - tão rápido como um cometa, deixaste em meus olhos, o brilho dos teus/ e...fostes, sem dizer ADEUS.
Zélia querida, que bom passar por aqui e ler coisa tão linda.
Beijos de luz.

Agulheta disse...

Belo poema em tom melodioso e lindo, como sempre que aqui venho.Bom gosto e palavras que me encantam.
Beijinho de luz bfs Lisa

Daniel Costa disse...

Zélia

"Tão Breve"! Traduziria por: tão elegante, a tua poesia!
De facto, a poetisa brinda sempre com belos poemas, elegantemente apresentados, como o presente.
Beijos
Daniel

Mar Arável disse...

Vagarosos instantes

Desnuda disse...

A magia do poeta é feito sobre a sua sensibilidade. Transforma tristeza em belos versos. Lindo, amiga!!!


Beijos, com carinho.

Maria Dias disse...

Linda poesia q segue com os olhos e toda a natureza agradece!

Beijinhos

Maria

Anderson Fabiano disse...

zelinha,
a moça amou,
as águas deixaram sulcos
e um olhar perdido,
na janela pousou.

lindo, apenas lindo...
meu carinho,
anderson fabiano

Cláudio J. Gontijo disse...

Zélia.

Seu espaço é peculiar, belo e merece todas as homenagens.

Agradeço-lhe a visita. Às vezes fico algum tempo à espera de uma foto.

Felicidades, sempre. Que DEUS a ilumine.

Angela Ladeiro disse...

Podia ficar com o poema, que é lindo... mas parece-me que só ficaram recordações, dos bons momentos! É? Dia oito faço 46 anos de casada. Esta seria uma prenda...
Gosto da sua poesia sóbria. Vá tomar um chá, na minha casinha virtual... Beijinho

tossan disse...

Triste e belíssimo! Gosto muito do seu estlo suave de poetisar. Beijo

Elcio Tuiribepi disse...

Oi...mas que poema mais bonito...
Ecoa uma harmonia muito bonita com as palavras usadas e o sentido que deu a ele...
Parabéns...um dos mais bonitos que já li por aqui
Ficou na medida certa...
Um abraço na alma...bjo

Martinha disse...

Tão breve... os momentos fugazes que nos marcam a vida. :)
Adorei!
Beijinho *

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDA ZÉLIA, ADOREI O TEU MAGNÍFICO POEMA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Ailime disse...

Amiga Zélia!
Um poema belísssimo tecido com gotas de orvalho na evocação de tempos passados.
O meu beijinho com amizade, sempre em tons de azul.

Vivian disse...

...Todas as Vidas

Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.

Benze quebranto.
Bota feitiço
Ogum. Orixá.

Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo.

Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d'água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.

Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.

Vive dentro de mim
a mulher do povo
Bem proletária
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.

Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.

Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha
tão desprezada,
tão murmurada
Fingindo ser alegre
seu triste fado.

Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina

...querida linda,
trago beijos neste dia
de todas nós!

Osvaldo disse...

Querida Zélia;

Breve como o amor que passa, longa como a vida que resta, assim defino esta bela poesia que nos brindas...

Como é gratificante saber transformar simples letras em maravilhosas prosas que enaltecem o amor... e nisto, cara Zélia, você é magistral!...

bjs e boa semana.
Osvaldo

direitinho disse...

Um beijo no dia da mulher para a grande MULHER ZÉLIA.
Os seus poemas são lindos e perco-me neles como num sonho.
Hoje até a Vivian lhes fez poesia muito bonita.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Belo este percurso do rio...

Um feliz dia da mulher para si também, amiga !

Um beijo

Verdinha

Je Vois la Vie en Vert disse...

Belo este percurso do rio...

Um feliz dia da mulher para si também, amiga !

Um beijo

Verdinha

São disse...

Belíssimo, mesmo.

Minha querida m que seja excelente o seu Dia da Mulher!

Abraço caloroso

CarlaSofia disse...

Vim deixar uma flor :)
beijinhos*
~universosquestionáveis~

Fragmentos Betty Martins disse...

.___________querida Zélia






"cintilando estrelas

no lago dos olhos..."

.
_____________belíssimo poema





_________///







beijO______ternO
bSemana

Anderson Fabiano disse...

Zelinha,
Deixei um beijo pra você, pelo dia de hoje, lá no meu blog.
Meu carinho,
Anderson Fabiano

Maripa disse...

Sempre doçura e beleza nas palavras, Zélia querida.


Beijinho,MULHER linda!

Ana Martins disse...

Ternamente lindo!
Feliz Dia da Mulher.

Beijinhos,
Ana Martins

EDUARDO POISL disse...

Como sempre um lindo poema.

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios... Por isso, cante, ria, dance, chore e viva intensamente cada momento de sua vida, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos..."
Charles Chaplin

Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
Abraços

Mr. Lynch disse...

Mundo Azul;
Muito belo o poema. E uma imagem a condizer.
Um beijo

Chris disse...

Poesia recortada como um rio a beijar as pedras...
Obrigada pelas palavras e pelo carinho.
Um beijo
Chris

Helena disse...

***
Belas, caras, frágeis, raras...
Tuas palavras teem um timbre de cristal, Zélia, e o mesmo brilho...
Tocam o coração e a vibração permanece na emoção de quem lê, durante longo tempo...

Lindo demais esse poema!

E obrigada pela presença amiga e palavras tão especiais!... Emocionada fiquei eu, ao ler teu comentário...

Um beijo grande e meu sempre carinho!

***

claudete disse...

Poema que fala de solidão encontro e desencontro mas...de uma forma sensivel e cativante ...continuamos vendo o seu mundo azul. parabéns minha querida poeta!

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Tão lindo, tão pueril!
Esse poema tocou o meu coração.

Beijos

O Árabe disse...

Breve, talvez... mas eternizado no tempo. :) Boa semana!

heretico disse...

Poema cantante e belo. como uma cascata de beijos. (breves que sejam...)

gostei muito.

beijos

Dois Rios disse...

Sim, breve como o verão, os risos se calam e os olhos se molham.

Lindo, Zélia!

Beijo,
Inês

Brancamar disse...

Recordações belas com final triste, mas a poesia permanece no coração para sempre...
Beijinhos.
Branca

Milla Pereira disse...

Zélia, abri este novo Blog e hj linkei o seu em minha lsita "Show de Blogs" magnifico, como sempre, com o seu talento e bom gosto. Adorei tudo aqui. Beijos no coração. Milla
>>Me ensina como se coloca música?

Alda disse...

Breve como o verão, é a vida...

Lindo poema!
Beijo de luz.

Vanessa disse...

E essas águas dos olhos que transformaram a alegria, em tristeza e dor, toda a fantasia e aquele amor, se foram, como águas de um rio!..."[...] caralaram os risos, restaram as mágoas [...]"

Poema perfeito!
Obrigada pela visita em meu Blog, é bem vinda por lá, quando desejar!
Voltarei mais vezes por aqui, gostei bastante!
Beijos

Graça Pires disse...

A brevidade dos momentos felizes...
Belo poema.
Beijos.

tulipa disse...

Minha querida
escreves de forma magnífica.
Adorei.
Belíssimo poema!!!

Nunca uma poesia disse tanto sobre o meu estado de espírito no momento, como esta. Preciso muito de silêncio à minha volta, estando sozinha e muito mais se estiver acompanhada, pois há pessoas que não medem as palavras que dizem e estão sempre a magoar e a dizer barbaridades, mais valia estarem caladas.
O título do post tem a ver com a imagem captada por mim e que serve bem para ilustrar como está a minha vida.
Cheguei ao momento em que na minha vida encontro uma bifurcação e tenho 2 caminhos à escolha; aquele de estrada alcatroada, de fácil condução e o outro, de estrada de terra batida e de difícil passagem. O problema é que não sei qual dos dois escolher, além de que a névoa que existe na foto é mesmo a imagem da minha mente, envolvida numa escuridão em que não sabe o que fazer.

Fica bem.
Beijinhos

utopia das palavras disse...

Ficou a saudade...e um poema terno!

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
belo poema,
parabéns,
,
juras o tempo as leva,
nas asas do esquecimento . . .
,
Conchinhas,
,
*

Maria Valadas disse...

Querida Zélia,

Poetisa de águas mormas, como é belo o que escreves.
Cito o que fixei:

"breve como o verão
passaram as águas,
calaram os risos
restaram as mágoas,
as águas dos olhos"

LINDO!!

Desejo de um bom fim de semana.

Beijinhos.

Maria

JORDAS disse...

Amor,
esse rio que inunda nossa vida de flores, mas que no inverno nos enche de mágoas.
Amor, quantos olhos marejados do azul do céu em noites de solidão?
Amor, quantas flores abrindo em sorrisos de esperança?
O amor, como tudo o que vivemos é fugaz, porque a felicidade deve ser cada momento.

helen ps disse...

Mais vale um amor breve do que não ter essa experiência de amar.

Agradeço tua carinhosa visita ao Lotusflorescente, és sempre bem vinda.

Li de novo o tópico anterior sobre os vicios, ficou tão interessante com as fotos de máscaras, daria um livro muito bonito. Pense nessa ideia.

Abraço.

PAZ e LUZ

J. Araújo disse...

Passei aqui para agradecer seu comentário e e dizer que seu blog é um romantismo só.

Vc é uma poetisa nata que escreve poesia com o coração carregado de sentimento como deve ser o verdadeiro poeta. Apareça sempre que possível.

Bjss

Ane disse...

Lindo e triste ao mesmo tempo...

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog Amo Sim. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Eu sei que é um abuso da minha parte te mandar essa propagando control c control v, mas sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas no blog do Anderson Fabiano, ela inclusive é seguidor do meu blog, claro que ele faz isso mais por gentileza do que pela qualidade do meu texto, mas estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs


Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

R.G. disse...

Triste, Doce e Belo...

Beijo perdido

Laura disse...

Todo o amor tem seu tempo
um tempo para começar
outro para acabar
porque nada é eterno
neste mundo terreno.

Vamos buscando
do amor pequenas migalhas
antevendo o prazer
de amar e ser amado
mas por tempo limitado.

É que a vida não espera
e segue sempre pelo caminho certo
e nós ficamos sem enxergar
onde o caminho começou
ou onde vai acabar!

Escrito aquie agora, da laura que sente sempre que o amor, ande por onde andar, nem sempre pode ficar junto nem sempre pode a vida adiar!...

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Hoje é só para lhe dizer que tenho nova postagem no meu blog

a desvendar o mistério do blá blá blá

do esperanto... (?)

Beijocas

© Piedade Araújo Sol disse...

Zélia

um poema perfeito.

e uma lágrima rolou na minha face.

um abraço apertadinho e um beij

O Profeta disse...

Imagino o canto maternal das baleias
Como doce e sentida balada
Imagino um beijo na procura
De uma fugidia criatura amada

Um domador de ventos e tempestades
Uma viagem de aventuras repleta
Serei eu um herói de comédia de enganos?
Ou apenas um pobre e louco poeta

Doce beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Zélia, bela poesia...Espectacular....
Beijos

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o novo post. :)

Brancamar disse...

Passo de novo para deixar um abraço e desejar uma boa semana.
Beijinhos.
Branca

Maurélio disse...

Que encantador seu mundo azul Zélia.
Bjsss, o blog está lindíssimo.

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...
Ganhei do Daniel Milagres e da Ana (Vento sem asas) OBRIGADA, meus queridos amigos!!!

Ganhei do Alvaro...OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

GANHEI DA MINHA AMIGA ISA!!! OBRIGADA, QUERIDA AMIGA...

Ganhei da minha amiga JUANI!!! Obrigada, de coração...

Ganhei da Minha amiga Marta Vasil, do "Lua com Dona"!!!Obrigada!

Recebi esse premio da minha amiga, MARIZ...............do meu amigo, EDUARDO ALEIXO..................e da minha amiga HELEN os........................OBRIGADA, queridos amigos!!!.......................................Recebi também da minha amiga FANNYe da amiga Marta Vasil, do Lua com Dona! Obrigada!!!!

Ganhei do blog PELOS CAMINHOAS DA VIDA! OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Izinha do "Magico Olhar"!!!


Ganhei da sam! Comemoração do aniversário do seu blog...OBRIGADA, amiga!

Ganhei do meu amigo, Bill Stein Husenbar OBRIGADA!!!

Ganhei da Ana, do blog SAGITÁRIO!!! Obrigada!!!

OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Ganhei do blog, PELOS CAMINHOS DA VIDA...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da ANA DINIZ... Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei do Martim, do blog"onde me esperas?" Obrigada meu amigo!

OBRIGADA, Serena Flor!!!

Ganhei da Mariz do blog "sou pó e luz" OBRIGADA, amiga!!!

Ganhei da Serena Flor! Obrigada, minha amiga...

Ganhei do meu amigo Tossan, do blog Klic Tossan! Obrigada!!!

Ganhei da Maria, do blog "PAPOILA". Obrigada, amiga!

Ganhei da minha amiga MARIZ! Obrigada...

Ganhei do blog SORRISO! Muito obrigada, amiga!!!

Ganhei da Neide! OBRIGADA, amiga!!!

OBRIGADA, meus amigos!!!

Ganhei da REBECA e JOTA CÊ! E também me foi ofertado pela MARTA VASIL...Obrigada, queridos amigos!!!

Esses selos ganhei da minha amiga, Anita Fonseca...OBRIGADA!!!

Esse selo ganhe da minha amiga Mariazita e i do meu amigo Alvaro! Obrigada!

GANHEI DA ISA, do blog MOMENTOS MEUS...Obrigada, é lindo!

GANHEI DO MEU AMIGO ALVARO! Obrigada!!!

Recebi da minha amiga Margarida do blog FRAGMENTUS e do meu amigo DANIEL SAVIO! Obrigada!!!

Ganhei do blog SONH@DOR@.50...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da Isa...Obrigada, querida amiga!!!

Ganhei da Isabel, do blog BC e da Mariz do SOU PÓ E LUZ!! Obrigada minha querida amiga!

Ganhei da Isa, do blog MOMENTOS MEUS...OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Mariz! Obrigada, amiga!!!

Ganhei da CLEO! Obrigada, minha amiga!!!

GANHEI DA FANNY e da Margarida do blog Fragmentus...OBRIGADA, amigas!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Recebi da minha querida amiga, ISA! Esse é o Troféu do Amigo! Esses blogs são extremamente charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu. Passo a: SAM, SERENA FLOR, TOSSAN, PAPOILA, CLEO, FRAGMENTUS, MARTA VASIL, MARIZ. Estou passando às primeiras pessoas que me ofereceram um selo...