sexta-feira, 22 de agosto de 2008


SEM CALMARIA


na noite escura

olhos vazios

bóiam tão tristes

na tua ausência


efervescência

já não existe

tudo é sombrio

tudo é secura


as mãos tão frias

já não procuram

pousam sem dono

abandonadas


amordaçadas

em pleno outono

palavras calam

sem calmaria



o corpo grita

a voz abafa

alma implora

razão se nega


paixão entrega

mas não aflora

nessa estafa

o medo habita



________________________

* * * * * * * * * * *

139 comentários:

Luciana disse...

Olá

Obrigada pelo comentário sobre a frase do filme Romeu e Julieta e desculpe a demora em responder, mas nesses últimos dias estava um stress só e em relação a frase também concordo contigo, mas como os filmes do SHAKESPEARE são sempre tão trágicos, acho que no filme essa frase até que teve um pouco de sentido.
Gostei da postagem e do gato(a).

Bjs com carinho e bom fim de semana!

Luciana

Dauri Batisti disse...

No mundo azul o olho azul do gato é poesia. Uma a mais.

Ailime disse...

Lindíssimo poema emoldurado por música em harmonia!
Nunca desistas dos teus sonhos.
Muitos beijinhos, tecidos com fios de esperança.

Mariz disse...

Olá querida, já cheguei! Já escrevi um miminho para i lá no dia da festa e também já escrevi novo post. Uff!
Vim com um pé meio partido....dgo meio porque foi apenas uma raxazinha, mas dói-me est´+a negro e inchado...tenho de ter repouso...mas como sou sózinha e com animais e jardim para tratar, isso não pode ser possível. Grata por ir vendo se estva tudo em ordem cá em casa e com os animais...esqueceram-se de lhes mudr a água e os vizinhos também! MAs o mal já está sanado. Beberam que se fartaram mal cheguei. Este eu peoma está deveras "escuro" com tendência a frio o que não consiz nada consigo. O belo é ver os olhos da dona iguais aos da gata. também tenho um siamês com olhos azuis...um encanto! Chama-se "Fonfon" porque está sempre a fazer "fusssss" sempre que os meus cães passam por ele mas ninguém faz mal a ninguém...é mania dele! A gata é uma doce...com manchas amareladas, castanha e as patas ebarriga é toda branca...um mimo! têm ambos 4 meses. Chama-se "Piwy"!
Os cães todos pequenitos chamam-se: Bianca, Patoca e Kito. E pronto! Já dei notícias. Ah! Este tempo foi bom para "respirar melhor" penso que me perceba e trago uma mensagem lá de Cima: "Que a boca se encha de riso e os lábios de louvor"! - Isto porque eu vi nitidamente uma boca sorrindo feito pelas núvens no céu e esta frase veio logo á minha mente...coisa de telepatia com os Seres que nos colocam os tais pozinhos de prelim-pim-pim, de que falava na festa. Deixo-a com todo o meu carinho e que o céu lhe traga outra disposição para escrever sem sombreados!
Eleve esse olhar azul para o Alto e que fique feliz!
Sempre...
Mariz

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga.
como empre um blog suave e puro, com muita sensibilidade e paz.

beijos e fique nessa doce música a nos embalar.

beijos miga.

Regina Coeli.

Humana disse...

Olá amiga!
É sempre tão bom vir aqui...
Vai lá ao meu blog, sim?
Beijinhos querida

Eärwen Tulcakelumë disse...

Somos seres movidos a emoção...e assim compomos belos e sentidos poemas. Assim como tu. Gostei imenso.
Obrigado pelo carinho deixado em meu mundo.

Pérolas incandescentes de doce querer entrego a ti.

Eärwen

Cadinho RoCo disse...

Não tenha medo do medo. Ele faz parte e pode ser oportuno para clarear as coisas.
Cadinho RoCo

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Zelia. A voz abafa onde o medo habita. Uma momento que surge e faz com que conflitos internos aflorem. Reflexão.

"Todos vemos no mundo e nas pessoas algo do que somos, do que pensamos, de nossa maneira de ser.
Em outras palavras, o mundo tem a cor que lhe damos através das nossas lentes." (A.D.)


Um presentinho para
alegrar o seu fim de semana (clique no link):
PRESENTINHO


Um maravilhoso final de semana para você.

Beijos mil! :-)

elisabete fialho disse...

Ba amiga,passei a correr,é só para deixar votos de bom fim de semana e aquele meu abraço do tamanho do mundo

sagitario disse...

linda musica e lindo poema, ainda bem que gostou do gatinho, fica muito bem junto de si

Mello disse...

" A alma implora e a razão se nega",

Esta é pior parte... quando a alma e a razão não comungam da mesma opinião... aí o corpo sofre!

Lindo poema!

Beijinhos,

Graça Mello

antonio - o implume disse...

Quando a alma implora, a razão não se deve cortar...

Everton Amaro disse...

- A paixão entrega, mas não aflora

muito bom! fulgurante!

Gata Verde disse...

Embora triste, é um poema lindo!

beijinhos e um excelente fds com muito SOL para aquecer a alma!!!

anderson eduardo disse...

Olá, que lindo post querida, as cores sao bem vivas e lindas, e as palavras em sintonia com a inspiração de quem tem talento... abração e bom final de semana

Virgínia Allan disse...

Obrigada pela mimosa visita. Também gostei desse mundo azul e tranquilo e das palavras aqui lidas...Um grande abraço

Dois Rios disse...

Lindos versos!

Não há dor mais rascante do que a do silêncio provindo da ausência.

Beijo,
Inês

Mariz disse...

Querida amiga

Passei por aqui novamente porque percebi a sua questão que levantou quando ao meu presente. Não era apenas esse Award que deveria ter retirado do meu blog, mas sim o meu prórpio Award que lhe quera oferecer! O que tem a flor com um ramo na mão!
Vá lá então buscar!
E o dos Dardos, deve passar a 13 blogs do seu agrado que cumpram o ritual - analize a quem eu ofereci e vá a esses ver se eles por acaso foram entregues ás pessoas que tem em mente doar. Está bem?
Beijos meus

Olhos de Mel disse...

Oie minha amiga linda! Como lhe entendo, viu? Sua poesia traz uma tristeza infinita, envolvida na beleza que encerra.
Mas não se entregue! A tristeza pesa e dificilmente quer ir embora.
Amanhã será outro dia e quem sabe, novas oportunidades, novos rumos e a felicidade aflora...
Fique bem, viu? Bom fim de semana!
Beijos

paula simoes disse...

olá

o poema é lindo
desejo-lhe um bom fim de semana

beijinhos do tamanho do Mundo

Menina do Rio disse...

As vezes a calmaria me oprime...as vezes preciso dela pra respirar.

Um beijinho pra ti Zélia

Multiolhares disse...

O medo o maior inibidor da vida

beijinhos

Pena disse...

Talentosa Amiga:
Um poema sublime que preenche.

Quando diz:
"...as mãos tão frias
já não procuram
pousam sem dono
abandonadas..."

Essas mãos são preciosas e velem ouro puro, sabe?
Beijinhos.
Com respeito, estima e amizade.
Admiro o seu genial talento poético, sabia?
Sempre a dmirá-la e o que escreve deliciosamente

pena

sokitsym disse...

O medo...

o medo de ser
de amar
de querer
de ousar

no fundo,
o medo de não ter medos
que humaniza
cristalinamente
o ser que diz
humano ser.

Agulheta disse...

Zélia. Tem tanto de lindo o poema,que nos leva a sonhar,ao som desta linda melodia,de belo contraste e cor.
Beijinho de amizade Lisa

JOICE WORM disse...

Como sempre, lugar de paz. Boa música, belas poesias e duas caras lindas... A sua e a do gatinho(a)...

poetaeusou . . . disse...

*
sublime,
,
adorei
,
renhó-nós em conchinhas, deixo,
,
*

Mena disse...

Olá!
Gostei do blog, do nome do blog (LIndo!), da música, dos poemas, enfim, vou voltar.
Bj
Mena

Carmello Café disse...

Vim agradecer a sua visita à minha Zona e procurar seu Mundo Azul, encontrei-os em olhos nas fotos aí ao lado, em tantos versos espaçados, nas imagens pinçadas e em tantas emoções compartilhadas.
Apareça pra um Café sempre que quiser, será sempre bem-vinda!

"O Autor", disse...

Triste... muito.

Essência Pura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Essência Pura disse...

Passar por aqui é sempre um prazer...Sinal de boa leitura com uma sensibilidade impar...
Gosto da tua casa...tem luz...tem alma...

Beijos de carinho

Miriam

helen ps disse...

"o corpo grita
a voz abafa
alma implora
razão se nega"

e como se tira poesia tão doce de dores tão profundas...

lindo poema, Zélia
(e a gatinha, é muito querida, mesmo)

PAZ e LUZ

Adriano Caroso disse...

Belo, muito belo! As músicas são perfeitas. Dá vontade de não sair mais!

f@ disse...

Leve tão leve e bonito como o tule do vestido... e tão quente como a sua cor...
beijinhos das nuvens

Luciana disse...

Olá

Obrigada pelo comentário no blog 2, como eu amo filmes, então eu assisto todos os gêneros, mas é claro que os meus preferidos são os romances tanto que eu tenho o blog 1, mas respeito o gosto e a opinião de todos.

Grande beijo e um ótimo domingo!

Luciana

Teresa David disse...

Belo poema e lindissimo o gato e a dona. Também tenho um gato branco e cinzento mas de olhos amarelos e outro todo negro de olhos verdes, sempre gostei de viver com gatos.
Bjs amigos
TD

Lúcia disse...

Um desassossego - tão bem descrito. Parabéns pelo dom!
Beijinhos

Francisco Sobreira disse...

Cara Zélia,
Como faz falta a presença da pessoa amada! Mais um bonito poema. Um abraço afetuoso.

João da Silva disse...

Ah!, Zélia... lindos e tristes versos. Às vezes, a tarefa do poeta é fazer arte da tristeza, das frustrações: é fazer crescerem flores, nos pântanos da vida.
Maravilhosos, adorei. Maravilhosos, como de costume.
Beijos carinhosos do João

Rafeiro Perfumado disse...

Então é tempo de dar a mão a um amigo, só na solidão é que o medo consegue viver. Beijo!

Sunshine disse...

Obrigada pela visita e pelas suas palavras.
Gostei muito do seu espaço.
"o corpo grita
a voz abafa
alma implora
razão se nega

Paixão entrega
mas não aflora
nessa estafa
o medo habita"
Palavras que vão direitinhas ao meu coração.
Beijinhos com raios de Sol

paula barros disse...

Uma ausência inquietante...
Belo poema, gostei da forma que postou, diferente.
abraços e um belo domingo.

Chinha disse...

Sempre a beleza do teu poema a expressar o sentir do teu coração.

Muito bela a minha passagem por aqui

um beijinho

O Sibarita disse...

Oi dona moça! Ai Deus do céu! kkk

Mas, o amor é isso e mais aquilo da paixão nas nuanças das tuas palavras ditas em versos.

bjs
O Sibarita

Anônimo disse...

Sem calmaria, sem a serenidade de espírito que nos permite a entrega à poesia não é possível o despoje das emoções.
A sua poesia é linda. Destaco neste poema, esta quadra lindíssima...

"paixão entrega

mas não aflora

nessa estafa

o medo habita"
Vóny Ferreira

gaivota disse...

um coração que solta o sentimento
traduzido...
muito bonito!
beijinhos

Gerlane disse...

Ispiração aflorada em belos versos.

Beijos pra ti!

Osvaldo disse...

Oi Zélia;
Belo poema, complicado como todos os bons poemas, em que nos faz pensar se não é verdade que os rios nascem no mar.
Mas, se uma "paixão entrega, não aflora," outras Primaveras virão para a fazer florecer... sem medo.
bjs.

elvira carvalho disse...

Que poema tão triste. Quanta desilusão, quanta angústia.
Um abraço e uma boa semana

O Profeta disse...

Sem calmaria...a tempestade vive no pepétuo...


Doce beijo

Ana Martins disse...

Olá Zélia,
mais um excelente poema, adorei.
Beijinhos

Elliana Alves Rio de Sonhos disse...

Gosto de vim te ver
e ler teus poemas velha e querida amiga,te adoro,bjssssssss e bom dia!

beto melodia disse...

Zélia:
Uma ótima semana, repleta de inspiração.

beijos em seu coração.

Só Eu disse...

Olá Zélia. Desculpa a ausência.
Texto lindissimo carregado de sensibilidades que até dão a impressão de crueza. Parabens
Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Olá Zélia,
esse poema é triste...mas o que seria da alegria se não experimentamos a tristeza?
Um beijo.
Ma Jivan Prabhuta

Xinha disse...

Zélia...
É formidavel a forma linda como você consegue embelezar até um poema triste e doloroso...

xi-coração

Corações & Segredos disse...

Bom dia amiga!
Só hj vindo aqui retribuir e agradecer sua amável visita.
Desejo a vc uma semana Iluminada!
Carinho de RO!
Amei seu recanto!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Zélia, poema espectacular...
Beijos

Jorge P.G disse...

Mesmo "sem calmaria", a escrita é suave e quente em noite fria.

Mais um bonito poema ajuntar a tantos outros que aqui tenho lido, Zélia.

Um abraço e um afago ao bichano lindo dos olhos azuis.
Jorge P.G.

Vanda C. disse...

Linda Zélia

Que turbilhão de sentir. Gosto da forma como sentes e dizes o que sentes. E eu sinto também. Desejo neste instante que sejas feliz sempre!
Beijos...muitos
Namasté
VC

Agulheta disse...

Zélia. Estou numas pequenas férias,num sítio lindissimo e linda paisagem,venho num instante,para agradeçer a visita.no fim de semana já estarei aqui,até lá fico a sonhar com esta música,sempre de meu agrado.
Beijinho de amizade Lisa

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi Zélia
Andei sumida mesmo. A gripe me pegou de jeito... velho é coisa triste, qualquer coisinha derruba, principalmente febre.
Mas estou voltando...
beijos (de longe, sei lá se o vírus ainda está aqui)

Joanne disse...

Belo poema...uma questao de sensibilidada na alma e na ponta dos dedos. *

M. disse...

Grata pela visita e pelas amáveis palavras deixadas no meu blogue.
Bonito este conjunto de fotografia e poema.
Um abraço.

com senso disse...

Um belissimo poema!
E uma óptima escolha musical!
Este blog tem o bom-gosto à flor da pele!
Parabéns!

Marta Vasil disse...

A alma a implorar e a razão a se negar é lindo na poesia das palavras, mas é, quase sempre dor, na poesia do nosso coração, da nossa vida.

Beijinho grande

MV

Carlos Soares de Oliveira disse...

Com certeza um poema deliciosamente noturno

Fernando Rozano disse...

a riqueza da vida em seus momentos de poesia e densidade que somente o viver experimenta. meu abraço carinhoso.

Véu de Maya disse...

Lindo poema mas tão triste...a poesia como carpe diem da vida mesmo quando ela não vem ao encontro dos nossos desejos...Mas a felicidade é mesmo essa curva...os picos altos estão sempre á espreita...a vida fluirá

abraço poético com desejos de felicidade primordial.

Mena disse...

Olá!
Obrigada pela visita e pelo comentário. Voltei para dar mais um passeio por aqui!
Desejo-te uma belíssima semana.

Bj
Mena

Daniel J Santos disse...

Belíssimo.

Ígor Andrade disse...

Tudo bem rápido não é?...
Uma semana "sem calmaria" pra ti!
Abração!

Luiz Santilli Jr disse...

Zélia
Vendo comentário seu no blog do Daniel, o nome dele me chamou a atenção!
Sou de São Paulo e blogo há uns dois anos.
Quero convidá-la a participar do TODAY'S FLOWERS, uma distração entre um grupo de blogeiros que gosta flores (e quem não gosta?).
Desculpe pela liberdade que tomei de por o link, para você analisar e se achar conveniente, aderir!
É só aos domingos!

Lindo seu blog!

LUIZ

Anônimo disse...

Oi !!!!!Lindissimo seu blog! Tão delicado e suave como vc . Parabéns !!!Bjs Silmara( do Inglês)

Elcio Tuiribepi disse...

Olá Zélia, aqui o cardápio está seleto: poema, fotos, e música, tudo com ótima qualidade. A letra de As rosas não falam é muito bonita e sempre que ouço faço uma leitura particular sobre o que a letra quer dizer, e muitas pessoas discordam do meu modo de entender...Hummmmm!! Começou "Todo Sentimento". Sou fã do Chico...agora tenho que esperar acabar, não consigo ouvir só um pedaço...rsss...Mas assim que acabar vou indo...rsss...já vi que mais abaixo tem Retrato em preto e branco..assim não dá...rsss
Boa noite pra você...grande abraço... e parabéns pelo blog.

Jerri Dias disse...

gOSTEI DO ÚLTIMO VERSO.

Parapeito disse...

Ás vezes tambem precisamos estar tristes :)
Mais um belo poema****

Mary West disse...

Achei doce e amargo ao mesmo tempo.

Leticia Gabian disse...

É bom vir aqui, onde tudo tem sentido: as suas palavras, as músicas que escutamos, a sua energia.

(Todo Sentimento é a minha preferida, principalmente na voz de Chico)

Beijo grande

Luciana disse...

Olá

Realmente gostei muito do teu comentário, as vezes somos obrigado a usar tantas máscaras para não deixarmos as coisas piores que acabamos de fato esquecendo quem somos realmente falo por experiência própria.

obrigada pelo comentário.

Bjs no teu coração

Luciana

gasolina disse...

E tu és lá mulher de ter medo?
No way!
Quem escreve como tu não tem medo das coisas belas, mesmo que tristes.

Um beijo da Árvore

literatura disse...

Olá querida amiga!
Bonito poema cheio de querer. Contudo as palavras escondem nelas o sentimento que reside no teu coração cheio de amor.

Um beijo cheio de felicidades.

bettips disse...

Grata pela passagem, bonita a reflexão.
Olhos em azul, se gato se dona. Nem sei, da ternura de rir e a paz que emana.
Abç

LP disse...

Todos os dias temos sempre à espera um medo para ser encarado!

Qunado tiver disponibilidade, visite Portugal... não se irá arrepender!

Beijinhos

O Árabe disse...

Habita, Zélia, mas apenas por algum tempo... cabe apenas a nós mesmos trazer de volta a esperança! Boa semana, amiga.

Chama Violeta disse...

Olá doce amiga!
Demorei, mas voltei!
Hoje, deixo-te apenas um grande beijo violeta e desejos de muita luz em teu caminho!

Linda tua gatinha! Saudades do meu!

C Valente disse...

Ausencias - presenças , tudo em movimento
Saudações amigas

mdsol disse...

A luidez das palavras que resulta da clareza do sentir!
:)) regressados (de umas curtas férias)

Zé Ernesto - Gaia disse...

Uma pequeníssima Prenda.

LÂMPADA DE ALADINO

Lâmpada de Aladino
Génio dos teus desejos
Queres libidos beijos

Um bem haja
GOOGLE
http://zuluechopaparomio.blogspot.com
>>>>>>Visite e Comente<<<<<<

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel site. :)

Menina do Rio disse...

Querida, vei reler-te e deixar um beijo de boa semana!

Olhos de Mel disse...

É minha amiga, acho que hoje, lhe entendo bem.
Beijos

Laura disse...

Ó nina; sabe que mais? deslizei por ali abaixo e foi um ler de delicias sem fim, cada qual mais linda que a outra! Parabéns, e que maneira diferente temos todas, de descrever sentimentos...Lindo, beijinho da laura que quer que haja sempre alegria em seu mundo!...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, mulher bonita. Adorei o seu poema e a imagem. Depois vc me empresta essa imagem? Querida, eu a convidei para apreciar o meu post anterior e vc não foi. Gostaria muito que fosse neste. É longo, então recomendo às pessoas apertaredem a tecla "page down" e pararem no que lhes interessa. No fim do post, há um jardim, com muitas rosas, uma casinha e um banquinho, onde se pode descansar antes de visitar o meu castelo.
Um beijo,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Quanto à imagem, vc me responde quando for ao meu Blog

Dry Neres disse...

Teu blog é um mimo meu bem.. Adorei o texto.. e a calmaria inquieta do seu espaço.. belo, bela..
Um beijo, meu bem. :)

Adriana disse...

Maravilhoso!!Sem calmaria!!

Sol da meia noite disse...

Minha querida, nas tuas palavras, a verdade do meu sentir, agora, neste momento... e dói tanto...

Beijinho *

Nelita disse...

lindoooooooo
Adorei :)

neo-orkuteiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
neo-orkuteiro disse...

"Sem Calmaria" não é o primeiro poema seu que leio e de que gosto. Gostei de todos os que até agora já li. Aos poucos fico conhecendo mais do que você faz com palavras. Como vê, sempre volto aqui. Ah, eu não sabia (ou não me lembrava?) - você é ailurófila.

as-nunes disse...

Passei por aqui sem aportar, olhei, consegui ler e ouvir, a corrente voltou a desviar o meu rumo. Estou a consertar a vela grande e tão logo o vento me ajude cá volto. Nem que tenha que voltar contra a maré.
Belíssima música a ajudar os poemas e composições.
António

As cores da vida disse...

:)*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Zélia, que poema tão triste, tudop bem ?
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sonia Regly disse...

amei seu cantinho, achei lindo e bem escrito. Obrigada pela doce visitinha, volte outras vezes.

Rodolfo N disse...

Pero que belleza!!!
Me encanta tu forma de escribir...
Beijos, amiga

Olhos de mel disse...

Oie linda! Passando para reler sua bela poesia e deixar beijos

montse disse...

Bella imagen!!
Un abrazo desde Barcelona.

Maria Dias disse...

O medo nos impede de prosseguir...

Amo esta música de Cartola mas na voz do Ney está simplesmente divina!

P.s.Esta gatinha(ou gatinho)se parece muito com vc!rs...

Beijinhos e boa semana!

Maria

nas asas de um anjo disse...

poema lindo mas q carrega a dor da ausencia!bjs de luz e paz,kida poetisa

Zé Povinho disse...

Um mundo azul onde a harmonia da música e das palavras é perfeita. É a minha 1ª visita e devo dizer que gostei.
Abraço do Zé

São disse...

Gostei imenso, Zélia!
Que o Grande Espírito esteja consigo.

brisa de palavras disse...

ÀS vezes as palavras não são calmas...
o gato é muito bonito! e a Dona também...
um abraço
brisa de palavras

Ailime disse...

Passei simplesmente para lhe deixar um beijinho cheio de luz!
* * * * * * *
Grata pelas palavras no meu "cantinho"!

Carla Sofia disse...

Mundo Azul,
que espaço tão agradável...
reconfortou-me. E o seu gato é lindo, lindo, lindo, mas lindo!
obrigada pela visita, voltarei mais vezes
beijinhos

Carla Sofia disse...

Ainda estou aqui a ler os seus poemas e a ouvir as músicas...
Estou encantada com a energia que espalha...
Até breve

Pascoalita disse...

Gosto desta vivacidade! Há muita vida neste cantinho, muita cor, muita alegria.

Ah! E aqui também há bichanos de que tanto gosto eheheh

o escriba disse...

Olá!

Gostei muito do que vi neste blog: belíssimos poemas, inspiradoras imagens, uma grande alegria de viver e o dom da partilha. Bem haja!

Obrigada pela sua visita ao meu blog.

bjs
Esperança

Ailime disse...

Agradeço a visita ao meu cantinho!
É uma honra recebê-la...
Bem-haja.
Beijinhos de luz tb para si.

flamenguista roxo disse...

Olá amiga?
Belo poema...fotos lindas....boa música.
Um abraço boa semana,

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Zelia. Passando para lhe desejar uma ótima noite.

Beijos mil! :-)

Magui disse...

Ah, que triste!

Sol da meia noite disse...

Querida, queres ir ao Sol conhecer a Flor de Lua?
Gostaria...

Bom fim de semana! Muita paz e amor...

Beijinho carinhoso *
:-)

rosa dourada/ondina azul disse...

Com calmaria ou sem ela, vim visitar-te e gostei...
O gato tem um olhar muito bonito :)


Beijinho,

NOCTURNO disse...

O receio
A dor
e tudo que nos afasta do amor...

Beijo

elvira carvalho disse...

Passei por aqui. Na ausência de novidades, deixo um abraço e votos de bom fim de semana

Mario Rodrigues disse...

Lindo , amiguinha.

“Para você o carinho
da minha amizade"

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço


Bom fim de semana


Mágico beijo

Juani lopes disse...

muy bnito, feliz fin de semana
saluditos

Ana Diniz disse...

Querida Zélia,

às vezes penso:

o claro faz parte do escuro. E sem noite não haveria dia - ou não perceberíamos a intensidade da Estrela-Sol. Assim tbm com a melancolia. Sem ela, não existe este lado bom da poesia, o da sublimação da dor... e de seus efeitos em nós. Para os poetas, os versos fazem parte do momento em que os criamos, e os verdadeiros compartilham o diverso da alma humana com os amigos que os cercam.

Amiga,

retornei aos blogues! Coloquei o seu link nos meus dois espaços.

Espero a sua visita, na certeza de um abraço.


Luz irradiada.

Ana

P.S.: Linda trilha sonora.

Anônimo disse...

Maravilhoso!!!

Grande sensibilidade, como sempre!

Tá lindissímo seu blog!

Beijos no coração!
Arlene

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

E o poema continua firme. Zéliea, fiz postagem nova dedicada aos nossos irmãos portugueses. Aperte a tecla "Page Down" e pare onde bem lhe aprouver. Se tiver interesse em mais coisas, volte outro dia, pois o post não vai sair de lá.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
No final do post, há uma casinha, um banquinho, depois quem quiser pode ir ao meu castelo.
PS: Pode emprestar-me a saia? Vá ao meu Blog e responda.

as-nunes disse...

Poesia
É um momento
É um lamento
É Tudo e Nada.

Zélia
Peço desculpa pela azelhice de ter deixado que fosse publicado o post sobre o Museu Maria da Fontinha sem as fotos. Como se estas não fossem a Alma daquela entrada no meu blogue.
Um beijo

Beatriz disse...

Na ausência do ser amado tudo é sombrio, tudo é secura... soubeste bem dizer dessa solidão doída quando "as mãos tão frias já não procuram/pousam sem dono abandonadas". Uma bela seqüência musical, de acordo com o momento dos versos. Tudo tão doce, tão lindo, tão sentido! E como sabes bem, amiga, decifrar os (des)caminhos do coração quando se sente só.

Esta música 'Todo sentimento' com o Chico Buarque é de uma ternura tão doída...

Minha linda, te deixo flores para enfeitar tua caminhada, estrelas para os teus sonhos, sorrisos na tua alma, e um beijo meu no teu coração.

literatura disse...

Olá amiga!
Volto para agradecer o seu comentário. Pois é sempre muito agradável conhecer alguém. Que nos fala por este meio. Que eu considero muito importante para a comunicação entre as pessoas.

Beijinhos e Felicidades.

Flávio Monte disse...

Já começo a ficar sem palavras!
Esse seu coração está a ditar-lhe versos... Eu gostava de ter escrito isto!

Um beijo atlântico

Anônimo disse...

Olá tia zelia agradeço seu comentario eu li sua poesia e achei linda que bonita sua gata esta quando vc dece

Beijos

Veronica

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...

Para todos que aqui passarem e quiserem levar o mimo...
Ganhei do Daniel Milagres e da Ana (Vento sem asas) OBRIGADA, meus queridos amigos!!!

Ganhei do Alvaro...OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

Esses selos, ganhei de PELOS CAMINHOS DA VIDA...OBRIGADA, minha amiga!!!

GANHEI DA MINHA AMIGA ISA!!! OBRIGADA, QUERIDA AMIGA...

Ganhei da minha amiga JUANI!!! Obrigada, de coração...

Ganhei da Minha amiga Marta Vasil, do "Lua com Dona"!!!Obrigada!

Recebi esse premio da minha amiga, MARIZ...............do meu amigo, EDUARDO ALEIXO..................e da minha amiga HELEN os........................OBRIGADA, queridos amigos!!!.......................................Recebi também da minha amiga FANNYe da amiga Marta Vasil, do Lua com Dona! Obrigada!!!!

Ganhei do blog PELOS CAMINHOAS DA VIDA! OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Isa! Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da Izinha do "Magico Olhar"!!!


Ganhei da sam! Comemoração do aniversário do seu blog...OBRIGADA, amiga!

Ganhei do meu amigo, Bill Stein Husenbar OBRIGADA!!!

Ganhei da Ana, do blog SAGITÁRIO!!! Obrigada!!!

OBRIGADA, meu querido amigo!!!

Ganhei do blog, PELOS CAMINHOS DA VIDA...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da ANA DINIZ... Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei do Martim, do blog"onde me esperas?" Obrigada meu amigo!

OBRIGADA, Serena Flor!!!

Ganhei da Mariz do blog "sou pó e luz" OBRIGADA, amiga!!!

Ganhei da Serena Flor! Obrigada, minha amiga...

Ganhei do meu amigo Tossan, do blog Klic Tossan! Obrigada!!!

Ganhei da Maria, do blog "PAPOILA". Obrigada, amiga!

Ganhei da minha amiga MARIZ! Obrigada...

Ganhei do blog SORRISO! Muito obrigada, amiga!!!

Ganhei da Neide! OBRIGADA, amiga!!!

OBRIGADA, meus amigos!!!

Ganhei da REBECA e JOTA CÊ! E também me foi ofertado pela MARTA VASIL...Obrigada, queridos amigos!!!

Esses selos ganhei da minha amiga, Anita Fonseca...OBRIGADA!!!

Esse selo ganhe da minha amiga Mariazita e i do meu amigo Alvaro! Obrigada!

GANHEI DA ISA, do blog MOMENTOS MEUS...Obrigada, é lindo!

GANHEI DO MEU AMIGO ALVARO! Obrigada!!!

Recebi da minha amiga Margarida do blog FRAGMENTUS e do meu amigo DANIEL SAVIO! Obrigada!!!

Ganhei do blog SONH@DOR@.50...Obrigada, amiga!!!

Ganhei da Isa...Obrigada, querida amiga!!!

Ganhei da Isabel, do blog BC e da Mariz do SOU PÓ E LUZ!! Obrigada minha querida amiga!

Ganhei da Isa, do blog MOMENTOS MEUS...OBRIGADA, AMIGA!!!

Ganhei da Mariz! Obrigada, amiga!!!

Ganhei da CLEO! Obrigada, minha amiga!!!

GANHEI DA FANNY e da Margarida do blog Fragmentus...OBRIGADA, amigas!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Ganhei da HAERE MAI e da MARIZ...Obrigada, minha amiga!!!

Recebi da minha querida amiga, ISA! Esse é o Troféu do Amigo! Esses blogs são extremamente charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu. Passo a: SAM, SERENA FLOR, TOSSAN, PAPOILA, CLEO, FRAGMENTUS, MARTA VASIL, MARIZ. Estou passando às primeiras pessoas que me ofereceram um selo...